Silvio Santos a filhos de Bolsonaro: “Não souberam nada de política”

Apresentador satirizou Flávio e Eduardo Bolsonaro por não saberem responder perguntas no quadro 'Jogo das 3 Pistas'

Foto: Reprodução

Foto: Reprodução

Política

O apresentador Silvio Santos fez galhofa sobre os parlamentares Flávio e Eduardo Bolsonaro, senador e deputado federal, ao recebê-los em seu programa, no quadro “Jogo das 3 Pistas”, no domingo 14. No game de perguntas e respostas, o dono do SBT satirizou os filhos do presidente Jair Bolsonaro (PSL) porque não souberam responder a algumas questões sobre a história da política brasileira.

“Vocês têm que aprender alguma coisa”, debochou o apresentador, em uma das perguntas que os irmãos não responderam. “Não finge que vai errar não, vocês não vão saber mesmo. Vocês estão desatualizados”, disparou Silvio Santos.

O senador Flávio Bolsonaro, por exemplo, respondeu “Getúlio Vargas” em uma questão sobre o ex-vereador Tenório Cavalcanti, do Rio de Janeiro, advogado que tinha fama de “Homem da Capa Preta”. Foi uma participante da plateia que acertou. Já o deputado Eduardo Bolsonaro demonstrou que não sabia quem era o deputado Barreto Pinto, da década de 40, cassado por entrar de cueca no Congresso Nacional.

A Eduardo, Silvio Santos chegou a recomendar: “Manda o Congresso fazer um livrinho contando as histórias interessantes”. No fim do jogo, os três se posicionaram para tirar uma foto, e o apresentador continuou: “Vocês vão apanhar do pai, porque não souberam nada de política”.

Responda nossa pesquisa e nos ajude a entender o que nossos leitores esperam de CartaCapital

Um minuto, por favor...

Obrigado por ter chegado até aqui. Combater a desinformação, as mentiras e os ataques às instituições custa tempo e dinheiro. Nós, da CartaCapital, temos o compromisso diário de levar até os leitores um jornalismo crítico, alicerçado em dados e fontes confiáveis. Acreditamos que este seja o melhor antídoto contra as fake news e o extremismo que ameaçam a liberdade e a democracia.

Se você acredita no nosso trabalho, junte-se a nós. Apoie, da maneira que puder. Ou assine e tenha acesso ao conteúdo integral de CartaCapital!

Compartilhar postagem