Política

Com faixas exclusivas, velocidade média de ônibus aumenta 45% em SP

Relatório da CET indica que os coletivos estão conseguindo escapar da lentidão do trânsito paulistano, com frota de 80% de veículos, 15% de motocicletas e 3% de ônibus

Desde 2013,  a capital paulista ganhou 355 quilômetros de corredores para os coletivos
Desde 2013, a capital paulista ganhou 355 quilômetros de corredores para os coletivos

Pesquisa de Monitoração da Fluidez, produzida anualmente pela Companhia de Engenharia e Tráfego (CET), indica que a implantação das faixas exclusivas para ônibus em São Paulo aumentou a velocidade desses veículos em 45% em 2013.

As faixas exclusivas para ônibus, em São Paulo, começaram a ser implantadas pelo prefeito Fernando Haddad (PT) em janeiro de 2013. A capital paulista, desde então, ganhou 355 quilômetros de corredores para os coletivos.

A pesquisa da CET também apresenta um crescimento da participação dos automóveis na frota de São Paulo, saindo de 78% em 2012, para 80% em 2013. Bicicletas (15%), ônibus urbanos (3%), caminhões (2%) e ônibus fretados (1%) completam a lista.

Ao priorizar o transporte público e a mobilidade nas periferias, a utilização das faixas impactou o congestionamento para os veículos particulares, que viram um aumento de 16% na lentidão no período da manhã e 7% no horário de pico da tarde.

A pesquisa foi realizada em 220 quilômetros de vias paulistanas.

Assine nossa newsletter

Receba conteúdos exclusivos direto na sua caixa de entrada.

Um minuto, por favor...

Obrigado por ter chegado até aqui. Combater a desinformação, as mentiras e os ataques às instituições custa tempo e dinheiro. Nós, da CartaCapital, temos o compromisso diário de levar até os leitores um jornalismo crítico, alicerçado em dados e fonte confiáveis. Acreditamos que este seja o melhor antídoto contra as fake news e o extremismo que ameaçam a liberdade e a democracia.

Se você acredita no nosso trabalho, junte-se a nós. Apoie, da maneira que puder. Ou assine e tenha acesso ao conteúdo integral de CartaCapital!