Política

PT denuncia responsáveis por ataque com drone em evento de Lula e Kalil

Partido pede apuração rigorosa dos fatos e classificou episódio como um ‘grave atentado contra a liberdade de expressão’

Foto: Reprodução
Foto: Reprodução
Apoie Siga-nos no

O Partido dos Trabalhadores (PT) apresentou nesta segunda-feira 20 uma representação criminal contra os três homens que confessaram ser os responsáveis por um ataque a militantes do partido durante a passagem de Lula por Minas Gerais na última quarta-feira 15. Os homens usaram um drone para pulverizar um líquido malcheiroso sobre os apoiadores do ex-presidente em evento que reunia também eleitores de Alexandre Kalil (PSD).

Na representação enviada ao procurador-geral do Ministério Público do Estado, Jarbas Soares, o partido pede apuração rigorosa dos fatos para que Rodrigo Luiz Parreira, Charles Wender Oliveira Souza e Daniel Rodrigues de Oliveira, que confessaram o crime, sejam devidamente punidos. Ainda no dia do evento, os três foram detidos, apresentaram depoimentos e foram liberados após assinarem termo de ajuste de conduta.

O equipamento usado foi apreendido e a suspeita é de que o líquido usado seja um  produto usado como agrotóxico, o que poderia ter resultado em consequências ainda mais graves.

Para o deputado federal Reginaldo Lopes (PT-MG) e o deputado estadual Cristiano Tadeu (PT-MG), que assinam a denúncia, a apuração rigorosa dos fatos poderá impedir que outros ataques semelhantes sejam cometidos nos próximos eventos.

“[A não apuração] poderá redundar em verdadeiro incentivo a práticas delituosas idênticas, especialmente por estarmos em período próximo do pleito eleitoral e que, despertadas as paixões que se vislumbra no horizonte, poderemos estar diante da possibilidade de cometimento de delitos repugnantes e eventual descontrole no tratamento destes por parte dos órgãos do sistema de justiça”, destaca um trecho da representação.

“Reclama extremo rigor na condução da persecução penal para fins de atribuir de forma justa e equânime as sanções cabíveis aos representados e, assim, inibir de forma definitiva novas práticas dessa natureza”, acrescentam os parlamentares.

No documento, os deputados também classificaram o episódio como um ‘grave atentado à liberdade de expressão’:

“Estamos, portanto, diante de um grave atentado contra a liberdade de expressão e de reunião de cada cidadão, conforme estabelecido na Constituição Federal”, diz o texto.

Para eles, os três homens confessaram o ataque porque, sob o atual governo de Jair Bolsonaro, teriam ‘certeza da impunidade’ e pretende, em suma, instalar um clima de ‘anarquia política’

“Os Representados não fizeram a menor questão de esconder a autoria dos crimes, pois, provavelmente carregam consigo a certeza da impunidade e que seriam prontamente liberados pela Autoridade Policial”, diz a denúncia. “A conduta dos representados […] carrega consigo o desejo inconteste de grupos que atuam para a instalação de um clima de anarquia política, para instaurar o caos no processo eleitoral, desestabilizar o judiciário para que assim prevaleça a barbárie social”, complementa.

Confira a íntegra da denúncia:

Representação Criminal MPMG - Episódio Drone 17 06 22 (1)

CartaCapital
Há 27 anos, a principal referência em jornalismo progressista no Brasil.

Tags: , , , , , ,

Jornalismo crítico e inteligente. Todos os dias, no seu e-mail

Assine nossa newsletter

Assine nossa newsletter e receba um boletim matinal exclusivo

Um minuto, por favor...

Apoiar o bom jornalismo nunca foi tão importante

Obrigado por ter chegado até aqui. Nós, da CartaCapital, temos o compromisso diário de levar até os leitores um jornalismo crítico, que chama as coisas pelo nome. E sempre alicerçado em dados e fontes confiáveis. Acreditamos que este seja o melhor antídoto contra as fake news e o extremismo que ameaçam a liberdade e a democracia.

Se este combate também é importante para você, junte-se a nós! Contribua, com o quanto que puder. Ou assine e tenha acesso ao conteúdo completo de CartaCapital.

Leia também

Jornalismo crítico e inteligente. Todos os dias, no seu e-mail

Assine nossa newsletter

Assine nossa newsletter e receba um boletim matinal exclusivo

Um minuto, por favor...

Apoiar o bom jornalismo nunca foi tão importante

Obrigado por ter chegado até aqui. Nós, da CartaCapital, temos o compromisso diário de levar até os leitores um jornalismo crítico, que chama as coisas pelo nome. E sempre alicerçado em dados e fontes confiáveis. Acreditamos que este seja o melhor antídoto contra as fake news e o extremismo que ameaçam a liberdade e a democracia.

Se este combate também é importante para você, junte-se a nós! Contribua, com o quanto que puder. Ou assine e tenha acesso ao conteúdo completo de CartaCapital.