Política

PSDB, MDB e União Brasil podem anunciar candidatura única até junho

Possibilidade foi confirmada pelo presidente do PSDB, Bruno Araújo, durante a filiação do senador Alessandro Vieira ao partido

Baleia Rossi (MDB), Luciano Bivar (UB) e Bruno Araújo (PSDB).

Foto: Divulgação/União Brasil
Baleia Rossi (MDB), Luciano Bivar (UB) e Bruno Araújo (PSDB). Foto: Divulgação/União Brasil
Apoie Siga-nos no

O presidente nacional do PSDB, Bruno Araújo, voltou a dizer nesta segunda-feira, 21, que a legenda, juntamente com MDB e União Brasil, com a possibilidade de incluir Podemos, deve anunciar no dia 1º de junho candidatura única ao Planalto.

“MDB, União Brasil e PSDB tiveram espírito público de aceitar condicionarem o resultado aos critérios da escolha desse candidato único”, afirmou Araújo durante ato de filiação ao PSDB do senador Alessandro Vieira, que se colocou como pré-candidato ao governo de Sergipe pelo partido.

PSDB indicou o nome do governador João Doria como pré-candidato à disputa ao Planalto. Já o MDB anunciou o nome da senadora Simone Tebet (MS). Os tucanos negociam, ainda, formação de federação com o Cidadania, mecanismo que garante “fusão” durante quatro anos entre as legendas.

Moro

Vieira, que era o pré-candidato ao Planalto pelo Cidadania, deixou o partido após divergências com o comando da sigla.

Entusiasta antigo da candidatura de Sérgio Moro (Podemos) à Presidência, o senador disse, durante o evento, que não mudou a opinião sobre o ex-Juiz. “Como o Cidadania fez um acordo com o PSDB, a consequência lógica dessa fusão é o apoio ao Doria”, disse. Já está muito claro que isolados, tanto faz Doria, Moro ou Simone Tebet, não terão sucesso”, completou.

Estadão Conteúdo

Estadão Conteúdo

Tags: , , , , , , , , , ,

Jornalismo crítico e inteligente. Todos os dias, no seu e-mail

Assine nossa newsletter

Assine nossa newsletter e receba um boletim matinal exclusivo

Um minuto, por favor...

Apoiar o bom jornalismo nunca foi tão importante

Obrigado por ter chegado até aqui. Nós, da CartaCapital, temos o compromisso diário de levar até os leitores um jornalismo crítico, que chama as coisas pelo nome. E sempre alicerçado em dados e fontes confiáveis. Acreditamos que este seja o melhor antídoto contra as fake news e o extremismo que ameaçam a liberdade e a democracia.

Se este combate também é importante para você, junte-se a nós! Contribua, com o quanto que puder. Ou assine e tenha acesso ao conteúdo completo de CartaCapital.

Leia também

Jornalismo crítico e inteligente. Todos os dias, no seu e-mail

Assine nossa newsletter

Assine nossa newsletter e receba um boletim matinal exclusivo

Um minuto, por favor...

Apoiar o bom jornalismo nunca foi tão importante

Obrigado por ter chegado até aqui. Nós, da CartaCapital, temos o compromisso diário de levar até os leitores um jornalismo crítico, que chama as coisas pelo nome. E sempre alicerçado em dados e fontes confiáveis. Acreditamos que este seja o melhor antídoto contra as fake news e o extremismo que ameaçam a liberdade e a democracia.

Se este combate também é importante para você, junte-se a nós! Contribua, com o quanto que puder. Ou assine e tenha acesso ao conteúdo completo de CartaCapital.