PSDB e PR comandarão comissão especial da reforma da Previdência

Depois da aprovação na CCJ, deputados vão discutir o mérito das mudanças propostas pelo governo

PSDB e PR comandarão comissão especial da reforma da Previdência

Política

O presidente da Câmara, Rodrigo Maia, acaba de anunciar os nomes que vão liderar a comissão especial responsável por analisar a reforma da Previdência na Câmara dos Deputados. O grupo será instalado ainda na manhã desta quinta-feira.

A relatoria fica com o deputado Samuel Moreira (PSDB-SP), que é amigo do secretário especial da Previdência, o também deputado Rogério Marinho. A primeira opção de Maia para o cargo era Pedro Paulo, seu colega de partido no DEM.

Em coletiva, Maia disse esperar que o relator mantenha o diálogo com os outros deputados que disputavam o posto. “Espero que o deputado Samuel construa um sistema em que ele possa escolher sub-relatores. A demanda para ajudar é muito grande”, disse.

Já a presidência do colegiado fica com o amazonense Marcelo Ramos, do PR. Em primeiro mandato na casa, Ramos já foi filiado ao PCdoB e ao PSB.

 

O texto foi aprovado pela Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) na madrugada de quarta-feira 24. Agora, na comissão especial, os deputados vão discutir o mérito das mudanças propostas pelo governo. PT, PSB, PDT, Rede, PCdoB e PSOL têm, juntos, doze vagas na comissão.

Acompanhe ao vivo:

 

Responda nossa pesquisa e nos ajude a entender o que nossos leitores esperam de CartaCapital

Um minuto, por favor...

Obrigado por ter chegado até aqui. Combater a desinformação, as mentiras e os ataques às instituições custa tempo e dinheiro. Nós, da CartaCapital, temos o compromisso diário de levar até os leitores um jornalismo crítico, alicerçado em dados e fontes confiáveis. Acreditamos que este seja o melhor antídoto contra as fake news e o extremismo que ameaçam a liberdade e a democracia.

Se você acredita no nosso trabalho, junte-se a nós. Apoie, da maneira que puder. Ou assine e tenha acesso ao conteúdo integral de CartaCapital!

Editora-executiva do site de CartaCapital

Compartilhar postagem