…

Próximo do fim, leilão de tríplex atribuído a Lula tem primeiro lance

Política

Site responsável pela negociação do apartamento registrou o lance mínimo de 2,2 milhões de reais de um perfil de Piracicaba

O perfil LAMansano desistiu após a publicação desta reportagem, mas a menos de cinco minutos do fim do leilão, houve um novo lance. Confira: Com recuo e novo lance relâmpago, leilão de tríplex chega ao fim

famoso triplex do Guarujá parece estar próximo de um novo dono. Um perfil identificado como LAMansano, de Piracicaba, no interior de São Paulo, apresentou um lance de 2,2 milhões reais, preço mínimo do imóvel, para o apartamento 164-A do Edíficio Salinas, no Condomínio Solaris. Atribuído a Lula, o imóvel ainda tem sua matrícula sob nome da empreiteira OAS.

O leilão, aberto no dia 16 de março, não recebeu nenhum lance até as 21 horas do dia 14 de maio, quando LAMansano apareceu. A assessoria de imprensa do site Superbid, que faz a gestão do leilão eletrônico, confirma a veracidade do lance, mas não diz não poder compartilhar informações sobre a empresa ou pessoa física responsável pelo perfil. O leilão termina às 14 horas desta terça-feira 15.

Leilão

O lance mínimo, de 2,2 milhões, é o mesmo valor da avaliação do imóvel.

Segundo a assessoria da Superbid, isso ocorre pois o leilão do apartamento ainda está em uma fase inicial. Se fosse aberta uma segunda rodada de negociações, o preço do imóvel poderia cair por determinação da Justiça.

O triplex do Guarujá acumula dívidas de 47,2 mil reais em cotas condominais em atraso, tudo por conta do novo proprietário, que arca também com a comissão do leiloeiro, de 5%, ou 110 mil reais. No fim, o valor totalizará 2.357.204, 28 reais.

Leia também: Lula “Ali Babá”, o triplex e o Brasil das Mil e Uma Noites

Se o negócio for fechado, o comprador pagará 10,232 mil reais por cada um dos 215 metros quadrados de área privativa do imóvel, um valor salgado: na mesma praia, a de Astúrias, há oferta de imóveis semelhantes cerca de 30% mais em conta, por 7.200 reais o metro quadrado.

O triplex do Condomínio Solaris tem também 82 metros quadrados de área comum, que equivalem a duas vagas de garagem. Imóveis na região têm número de vagas semelhante. A conta para o cálculo do valor por metro quadrado considera apenas a área do apartamento.

Na matrícula do imóvel, disponível aos interessados em comprar o triplex, a OAS consta como proprietária. Na atualização do documento, feita em janeiro deste ano, consta a certidão de penhora judicial atrelada ao processo número 2016.01.1.087371.5. Lula é mencionado apenas na página principal do leilão, como réu no processo.

Junte-se ao grupo de CartaCapital no Telegram

Um minuto, por favor...

Obrigado por ter chegado até aqui. Combater a desinformação, as mentiras e os ataques às instituições custa tempo e dinheiro. Nós, da CartaCapital, temos o compromisso diário de levar até os leitores um jornalismo crítico, alicerçado em dados e fontes confiáveis. Acreditamos que este seja o melhor antídoto contra as fake news e o extremismo que ameaçam a liberdade e a democracia.

Se você acredita no nosso trabalho, junte-se a nós. Apoie, da maneira que puder. Ou assine e tenha acesso ao conteúdo integral de CartaCapital!

Compartilhar postagem