Política

Marcha em Brasília

Policiais usam arma de fogo contra manifestantes em Brasília

por Redação — publicado 24/05/2017 19h39
Imagens da atuação da PM do Distrito Federal foram feitas pela reportagem do jornal O Globo

Dois policiais militares do Distrito Federal sacaram armas de fogo e atiraram contra manifestantes durante o protesto da quarta-feira 24 na Esplanada dos Ministérios, em Brasília (DF).

As imagens, feitas pelo jornal O Globo, mostram quando o primeiro policial corre em direção aos manifestantes atirando para cima. Em seguida, um outro PM aponta a arma na direção dos manifestantes, disparando vários tiros e fala: "Bora recuar, bora recuar - diz o policial após dar os disparos". O registro foi feito próximo ao prédio de um ministério.

Dia de tensão em Brasília

A Polícia Militar do Distrito Federal reprimiu de forma violenta a marcha que reuniu centrais sindicais e movimentos sociais nesta quarta-feira 25 em Brasília. Os manifestantes pedem a saída do presidente Michel Temer e eleições diretas, além de serem contra as reformas trabalhista e da Previdência que tramitam atualmente no Congresso Nacional.

A PM ou o Corpo de Bombeiros ainda não confirmam números, mas há dezenas de feridos entre os manifestantes, principalmente atingidos por balas de borracha, e seis policiais feridos. De acordo com o portal UOL, há pelo menos um ferido grave, que perdeu parte da mão. Pelo menos quatro pessoas foram detidas pela polícia.

O ministro da Defesa, Raul Jungmann, informou que o presidente Michel Temer decretou a "ação de garantia da lei e da ordem" na Esplanada dos Ministérios e, com isso, tropas federais passarão a reforçar a segurança na região.