Novo diretor da CIA tem jantar marcado com ministros de Bolsonaro

Sem assunto divulgado, William J. Burns deve encontrar os generais Augusto Heleno e Luiz Eduardo Ramos

William J. Burns, diplomata americano e diretor da CIA. Foto: Reprodução

William J. Burns, diplomata americano e diretor da CIA. Foto: Reprodução

Política

William Joseph Burns, novo diretor da Central Intelligence Agency, a CIA, tem jantar marcado com ministros do presidente Jair Bolsonaro nesta quinta-feira 1, às 19h30, em Brasília. O encontro foi divulgado nas agendas do general Augusto Heleno, ministro do Gabinete de Segurança Institucional, e do general Luiz Eduardo Ramos, ministro da Casa Civil.

 

 

De acordo com a agenda de Augusto Heleno, o endereço do encontro é o Setor de Habitações Individuais Sul QI 5, número 46. CartaCapital questionou os dois ministérios e a embaixada dos Estados Unidos sobre a pauta da reunião, mas não obteve resposta. O evento não consta na agenda do presidente Jair Bolsonaro, que normalmente realiza transmissões ao vivo nas redes sociais na mesma data e faixa de horário.

Diplomata veterano da política americana, de 64 anos, William J. Burns foi nomeado pelo presidente dos Estados Unidos, Joe Biden, após aprovação unânime de democratas e republicanos no Senado. Seu perfil é descrito como o de alguém de fortes laços com Biden e focado na melhoria de tecnologias de coleta de inteligência.

Segundo declarou o embaixador da Colômbia nos EUA, Pacho Santos, à televisão colombiana NTN24, Burns cumpriria agenda em Bogotá para uma “missão delicada” no início desta semana, antes de vir ao Brasil.

Um minuto, por favor...

Obrigado por ter chegado até aqui. Combater a desinformação, as mentiras e os ataques às instituições custa tempo e dinheiro. Nós, da CartaCapital, temos o compromisso diário de levar até os leitores um jornalismo crítico, alicerçado em dados e fontes confiáveis. Acreditamos que este seja o melhor antídoto contra as fake news e o extremismo que ameaçam a liberdade e a democracia.

Se você acredita no nosso trabalho, junte-se a nós. Apoie, da maneira que puder. Ou assine e tenha acesso ao conteúdo integral de CartaCapital!

Repórter do site de CartaCapital

Compartilhar postagem