Política

No Twitter, Moro critica ‘apoio’ de Bolsonaro e Lula à Rússia, Venezuela e Cuba

A bancada de senadores do PT declarou apoio à Rússia em publicações no Twitter que foram apagadas após repercussão negativa

Foto: Reprodução
Foto: Reprodução
Apoie Siga-nos no

O ex-ministro da Justiça e pré-candidato a presidente, Sérgio Moro (Podemos), usou o Twitter na manhã deste sábado para criticar o “apoio” ao governo russo por parte de seus principais adversários na corrida presidencial deste ano. “Venezuela, Nicarágua e Cuba apoiam a agressão russa à Ucrânia. Alinhados com estas ditaduras estão também Bolsonaro e o PT. Nós estamos do outro lado. Não apoiamos a guerra, a violência, as ditaduras e o autoritarismo. E você?”, publicou o ex-juiz na rede social.

Moro se refere ao ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) e ao atual chefe do Executivo, Jair Bolsonaro (PL), líderes nas pesquisas de intenção de voto ao Planalto. Bolsonaro se encontrou com Vladimir Putin em Moscou na semana passada, e chegou a declarar que era “solidário” à Rússia. Dias após a visita, o governo russo iniciou a invasão à Ucrânia.

Estadão Conteúdo

Estadão Conteúdo

Tags: , , , ,

Jornalismo crítico e inteligente. Todos os dias, no seu e-mail

Assine nossa newsletter

Assine nossa newsletter e receba um boletim matinal exclusivo

Um minuto, por favor...

Apoiar o bom jornalismo nunca foi tão importante

Obrigado por ter chegado até aqui. Nós, da CartaCapital, temos o compromisso diário de levar até os leitores um jornalismo crítico, que chama as coisas pelo nome. E sempre alicerçado em dados e fontes confiáveis. Acreditamos que este seja o melhor antídoto contra as fake news e o extremismo que ameaçam a liberdade e a democracia.

Se este combate também é importante para você, junte-se a nós! Contribua, com o quanto que puder. Ou assine e tenha acesso ao conteúdo completo de CartaCapital.

Jornalismo crítico e inteligente. Todos os dias, no seu e-mail

Assine nossa newsletter

Assine nossa newsletter e receba um boletim matinal exclusivo

Um minuto, por favor...

Apoiar o bom jornalismo nunca foi tão importante

Obrigado por ter chegado até aqui. Nós, da CartaCapital, temos o compromisso diário de levar até os leitores um jornalismo crítico, que chama as coisas pelo nome. E sempre alicerçado em dados e fontes confiáveis. Acreditamos que este seja o melhor antídoto contra as fake news e o extremismo que ameaçam a liberdade e a democracia.

Se este combate também é importante para você, junte-se a nós! Contribua, com o quanto que puder. Ou assine e tenha acesso ao conteúdo completo de CartaCapital.