Política

Neta de Mussolini ganha eleições de Roma como a vereadora mais votada

Candidata do partido de extrema-direita Fratelli d’Italia (FDI), Rachele Mussolini, de 47 anos, obteve mais de 8,2 mil votos

Rachele Mussolini, neta de ditador de extrema-direita na Itália. Foto: Reprodução/Facebook
Rachele Mussolini, neta de ditador de extrema-direita na Itália. Foto: Reprodução/Facebook
Apoie Siga-nos no

A neta do ditador fascista Benito Mussolini, Rachele Mussolini, obteve o maior número de votos nas eleições municipais de Roma realizadas no domingo e na segunda-feira, dias 3 e 4 de outubro, revela a apuração quase total das cédulas, divulgada nesta quarta-feira 6.

Candidata do partido de extrema-direita Fratelli d’Italia (FDI), Rachele Mussolini, de 47 anos, obteve mais de 8,2 mil votos, após apuração de 97% das cédulas. Foi a maior votação individual. Eleita para um 2º mandato como vereadora, Rachele afirma que seu sobrenome não tem nada a ver com sua popularidade.

“A pessoa é mais importante do que seu sobrenome, por mais pesado que seja”, disse ao jornal La Repubblica.

“Tenho muitos amigos de esquerda”, completou a filha de Romano, 4º filho do ditador fascista, falecido em 2006, que era pianista de jazz e se casou em 1962 com a irmã da atriz Sophia Loren.

Outros descendentes do ditador italiano entraram na política, todos pela direita, incluindo a meio-irmã de Rachele, Alessandra, ex-membro do Parlamento europeu.

Os partidos de direita foram derrotados nas eleições locais de domingo e segunda-feira na Itália, já que perderam as eleições em cidades-chave como Milão, Nápoles e Bolonha.

Em Roma, o segundo turno está previsto para 17 e 18 de outubro entre o candidato de direita Enrico Michetti, advogado e locutor de rádio, e o candidato de centro-esquerda, o ex-ministro da Economia Roberto Gualtieri.

No 1º turno, Michetti obteve 30% dos votos, contra 27% de Gualtieri, que é o favorito, segundo várias pesquisas.

AFP

AFP
Agência de notícias francesa, uma das maiores do mundo. Fundada em 1835, como Agência Havas.

Tags: , , , ,

Jornalismo crítico e inteligente. Todos os dias, no seu e-mail

Assine nossa newsletter

Assine nossa newsletter e receba um boletim matinal exclusivo

Um minuto, por favor...

Apoiar o bom jornalismo nunca foi tão importante

Obrigado por ter chegado até aqui. Nós, da CartaCapital, temos o compromisso diário de levar até os leitores um jornalismo crítico, que chama as coisas pelo nome. E sempre alicerçado em dados e fontes confiáveis. Acreditamos que este seja o melhor antídoto contra as fake news e o extremismo que ameaçam a liberdade e a democracia.

Se este combate também é importante para você, junte-se a nós! Contribua, com o quanto que puder. Ou assine e tenha acesso ao conteúdo completo de CartaCapital.

Jornalismo crítico e inteligente. Todos os dias, no seu e-mail

Assine nossa newsletter

Assine nossa newsletter e receba um boletim matinal exclusivo

Um minuto, por favor...

Apoiar o bom jornalismo nunca foi tão importante

Obrigado por ter chegado até aqui. Nós, da CartaCapital, temos o compromisso diário de levar até os leitores um jornalismo crítico, que chama as coisas pelo nome. E sempre alicerçado em dados e fontes confiáveis. Acreditamos que este seja o melhor antídoto contra as fake news e o extremismo que ameaçam a liberdade e a democracia.

Se este combate também é importante para você, junte-se a nós! Contribua, com o quanto que puder. Ou assine e tenha acesso ao conteúdo completo de CartaCapital.