Política

Moraes manda Bolsonaro explicar em até dois dias ataques a Lula na TV Brasil

Em evento, o ex-capitão insinuou que o petista, favorito para vencer as eleições presidenciais, estaria ‘loteando ministérios’ e a Caixa Econômica Federal

Alexandre de Moraes e Jair Bolsonaro. Fotos: Nelson Jr./STF e Evaristo Sá/AFP
Alexandre de Moraes e Jair Bolsonaro. Fotos: Nelson Jr./STF e Evaristo Sá/AFP
Apoie Siga-nos no

O ministro Alexandre de Moraes, do Tribunal Superior Eleitoral, estabeleceu o prazo de dois dias para que o presidente Jair Bolsonaro (PL) preste esclarecimentos sobre uma acusação de propaganda eleitoral antecipada apresentada pelo PT, com base em declarações proferidas no Palácio do Planalto em 12 de janeiro.

O despacho é da última segunda-feira 17, mas foi divulgado nesta sexta-feira 21. Conforme o documento, Moraes também pediu a manifestação da Procuradoria-Geral Eleitoral.

O PT argumenta que, na cerimônia em Brasília, Bolsonaro “promoveu verdadeira propaganda antecipada em favor de sua reeleição e negativa em relação ao senhor Luiz Inácio Lula da Silva, também pré-candidato à Presidência da República”.

Na ocasião, o ex-capitão insinuou que Lula (PT), favorito para vencer as eleições presidenciais, “estaria ‘loteando ministérios’, indicando também a Caixa Econômica Federal, além de insinuar que sua reeleição seria o retorno do ‘criminoso’ à ‘cena do crime'”. A sigla ainda sustenta que Bolsonaro utilizou “aparato de rede de comunicação pública para propagar ideias eleitorais negativas em detrimento de seu possível adversário político”.

Segundo o PT, o fato de a transmissão ter sido divulgada pela TV Brasil configura crime eleitoral – já que a emissora faz parte da EBC, empresa pública de comunicação. A legenda defende que Bolsonaro seja condenado a pagar multa de até 25 mil reais.

CartaCapital
Há 27 anos, a principal referência em jornalismo progressista no Brasil.

Jornalismo crítico e inteligente. Todos os dias, no seu e-mail

Assine nossa newsletter

Assine nossa newsletter e receba um boletim matinal exclusivo

Um minuto, por favor...

Apoiar o bom jornalismo nunca foi tão importante

Obrigado por ter chegado até aqui. Nós, da CartaCapital, temos o compromisso diário de levar até os leitores um jornalismo crítico, que chama as coisas pelo nome. E sempre alicerçado em dados e fontes confiáveis. Acreditamos que este seja o melhor antídoto contra as fake news e o extremismo que ameaçam a liberdade e a democracia.

Se este combate também é importante para você, junte-se a nós! Contribua, com o quanto que puder. Ou assine e tenha acesso ao conteúdo completo de CartaCapital.

Jornalismo crítico e inteligente. Todos os dias, no seu e-mail

Assine nossa newsletter

Assine nossa newsletter e receba um boletim matinal exclusivo

Um minuto, por favor...

Apoiar o bom jornalismo nunca foi tão importante

Obrigado por ter chegado até aqui. Nós, da CartaCapital, temos o compromisso diário de levar até os leitores um jornalismo crítico, que chama as coisas pelo nome. E sempre alicerçado em dados e fontes confiáveis. Acreditamos que este seja o melhor antídoto contra as fake news e o extremismo que ameaçam a liberdade e a democracia.

Se este combate também é importante para você, junte-se a nós! Contribua, com o quanto que puder. Ou assine e tenha acesso ao conteúdo completo de CartaCapital.