Manifestante que protestou contra Bolsonaro é preso por desacato de 2014

Segundo advogados, a sentença do processo é de menos de um ano e não justificaria prisão, já que há progressão para penas alternativas

Manifestante que protestou contra Bolsonaro é preso por desacato de 2014

Política

Um dos manifestantes detidos na quinta-feira 18 por estender uma faixa de protesto contra o presidente Jair Bolsonaro e atribuir a ele uma cruz suástica – símbolo nazista – foi encaminhado na manhã desta sexta-feira 19 para a Penitenciária da Papuda, no Distrito Federal.

 

 

Rodrigo Grassi chegou a ser liberado na quinta-feira, depois de ficar seis horas na Polícia Federal, mas foi preso novamente antes de sair do prédio. Há um processo de desacato aberto contra ele de 2014.

O deputado federal Alencar Santana (PT-SP), que se apresentou como advogado de Rodrigo na Polícia Federal, se pronunciou após a prisão: “A pena dele era restritiva. Ele mudou de endereço e não soube de uma audiência, aí voltaram para o regime semiaberto. Mas colocaram ele hoje no fechado na Papuda ao invés do semiaberto”.

Ainda de acordo com advogados, a sentença do processo de 2014 é de menos de um ano, e não justificaria a prisão, já que nestes casos há progressão para penas alternativas.

Rodrigo foi condenado pelo crime de desacato pelo Tribunal de Justiça do Distrito Federal em 2016, dois anos após a abertura do processo. A sentença foi de sete meses de reclusão, substituída por uma pena de restrição de direitos.

Um minuto, por favor...

Obrigado por ter chegado até aqui. Combater a desinformação, as mentiras e os ataques às instituições custa tempo e dinheiro. Nós, da CartaCapital, temos o compromisso diário de levar até os leitores um jornalismo crítico, alicerçado em dados e fontes confiáveis. Acreditamos que este seja o melhor antídoto contra as fake news e o extremismo que ameaçam a liberdade e a democracia.

Se você acredita no nosso trabalho, junte-se a nós. Apoie, da maneira que puder. Ou assine e tenha acesso ao conteúdo integral de CartaCapital!

Compartilhar postagem