Política

Maia afirma que imposto sobre transação digital será vetado na Câmara

Ideia foi ventilada pelo ministro da Economia, Paulo Guedes, para promover desoneração da folha de pagamento

Apoie Siga-nos no

Em café da manhã com jornalistas na residência oficial da Câmara dos Deputados, o presidente da Câmara, Rodrigo Maia, afirmou que não há chances da acasa aprovar a criação de um imposto sobre transações financeiras digitais. A possibilidade foi ventilada pelo ministro da Economia, Paulo Guedes, que, atrelou ao imposto, a possibilidade de desonerar a folha de pagamentos, “o mais cruel e perverso de todos os impostos”, disse.

O imposto sobre transações digitais poderia incidir sobre transferências e pagamentos feitos por meio de aplicativos de bancos, por exemplo. Guedes não deu explicações detalhadas sobre o assunto, mas disse que seria diferente da antiga Contribuição Provisória Sobre Movimentação Financeira (CPMF).

“A reposta da Câmara vai ser não, [para] imposto sobre movimentação financeira com o nome que você queira dar. Você pode dar o nome que você quiser”, afirmou Maia, que ainda disse que alternativas para desonerar a folha de pagamento estão sendo estudadas.

Segundo Maia, a carga tributária sobre a mão de obra em outros países do mundo é mais baixa do que no Brasil, mesmo não havendo um imposto sobre movimentações financeiras. “Qual país razoavelmente organizado organiza seu sistema tributário com CPMF?”, questionou.

CartaCapital

CartaCapital Há 27 anos, a principal referência em jornalismo progressista no Brasil.

Tags: , , , ,

Jornalismo crítico e inteligente. Todos os dias, no seu e-mail

Assine nossa newsletter

Assine nossa newsletter e receba um boletim matinal exclusivo

Um minuto, por favor...

Apoiar o bom jornalismo nunca foi tão importante

Obrigado por ter chegado até aqui. Nós, da CartaCapital, temos o compromisso diário de levar até os leitores um jornalismo crítico, que chama as coisas pelo nome. E sempre alicerçado em dados e fontes confiáveis. Acreditamos que este seja o melhor antídoto contra as fake news e o extremismo que ameaçam a liberdade e a democracia.

Se este combate também é importante para você, junte-se a nós! Contribua, com o quanto que puder. Ou assine e tenha acesso ao conteúdo completo de CartaCapital.

Jornalismo crítico e inteligente. Todos os dias, no seu e-mail

Assine nossa newsletter

Assine nossa newsletter e receba um boletim matinal exclusivo

Um minuto, por favor...

Apoiar o bom jornalismo nunca foi tão importante

Obrigado por ter chegado até aqui. Nós, da CartaCapital, temos o compromisso diário de levar até os leitores um jornalismo crítico, que chama as coisas pelo nome. E sempre alicerçado em dados e fontes confiáveis. Acreditamos que este seja o melhor antídoto contra as fake news e o extremismo que ameaçam a liberdade e a democracia.

Se este combate também é importante para você, junte-se a nós! Contribua, com o quanto que puder. Ou assine e tenha acesso ao conteúdo completo de CartaCapital.