Política

Lula diz que, se eleito, Zona Franca de Manaus será ‘intocável’

O petista também afirmou que os benefícios tributários na região serão mantidos para que possam atrair empresas e gerar empregos ao Estado

Foto: Reprodução/Redes Sociais
Foto: Reprodução/Redes Sociais
Apoie Siga-nos no

O ex-presidente da República Luiz Inácio Lula da Silva (PT) afirmou na manhã desta quinta-feira 23, que, se for eleito, a Zona Franca de Manaus (ZFM) será “intocável” e os benefícios tributários na região serão mantidos para que possam atrair empresas e gerar empregos ao Estado.

“Temos que ter coragem de dizer que a gente vai manter a Zona Franca. Eles agora querem destruir criando imposto para a Amazônia. Eles têm que conhecer o povo da Amazônia, interesses do povo e não interesses econômicos de um ou outro empresário brasileiro ou estrangeiro”, disse Lula, em tom crítico ao governo do presidente da República, Jair Bolsonaro (PL).

No fim de abril, o governo ampliou de 25% para 35% a redução geral das alíquotas do IPI com o argumento de que é preciso estimular a indústria neste momento de baixo crescimento. No entanto, os produtos fabricados na Zona Franca de Manaus (ZFM) ficariam de fora do corte para não tirar a “competitividade tributária” da região.

Para parlamentares, empresários e produtores da Região Norte, a medida reduz drasticamente a vantagem competitiva da ZFM. O decreto com a decisão do IPI foi suspenso parcialmente pelo ministro Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal Federal (STF)

Estadão Conteúdo

Estadão Conteúdo

Tags: , , , ,

Jornalismo crítico e inteligente. Todos os dias, no seu e-mail

Assine nossa newsletter

Assine nossa newsletter e receba um boletim matinal exclusivo

Um minuto, por favor...

Apoiar o bom jornalismo nunca foi tão importante

Obrigado por ter chegado até aqui. Nós, da CartaCapital, temos o compromisso diário de levar até os leitores um jornalismo crítico, que chama as coisas pelo nome. E sempre alicerçado em dados e fontes confiáveis. Acreditamos que este seja o melhor antídoto contra as fake news e o extremismo que ameaçam a liberdade e a democracia.

Se este combate também é importante para você, junte-se a nós! Contribua, com o quanto que puder. Ou assine e tenha acesso ao conteúdo completo de CartaCapital.

Leia também

Jornalismo crítico e inteligente. Todos os dias, no seu e-mail

Assine nossa newsletter

Assine nossa newsletter e receba um boletim matinal exclusivo

Um minuto, por favor...

Apoiar o bom jornalismo nunca foi tão importante

Obrigado por ter chegado até aqui. Nós, da CartaCapital, temos o compromisso diário de levar até os leitores um jornalismo crítico, que chama as coisas pelo nome. E sempre alicerçado em dados e fontes confiáveis. Acreditamos que este seja o melhor antídoto contra as fake news e o extremismo que ameaçam a liberdade e a democracia.

Se este combate também é importante para você, junte-se a nós! Contribua, com o quanto que puder. Ou assine e tenha acesso ao conteúdo completo de CartaCapital.