Política

Lúcio Vieira Lima, irmão de Geddel, é alvo da PF

Policiais realizaram ação no gabinete do deputado federal, irmão do ex-ministro que teria escondido 51 milhões de reais

Lúcio Vieira Lima: recentemente ele presidiu duas comissões de reforma política
Apoie Siga-nos no

O gabinete do deputado federal Lúcio Vieira Lima (PMDB-BA) é alvo de uma ação da Polícia Federal. Agentes chegaram em três viaturas ao prédio da Câmara, por volta das 6 horas da manhã da segunda-feira 16, e se dirigiram ao escritório do parlamentar. Lúcio é irmão de Geddel Vieira Lima, ex-ministro dos governos Lula e Temer, suspeito de ter escondido 51 milhões de reais em um apartamento em Salvador.

Leia também:
O mapa do ‘tesouro perdido’ de 51 milhões atribuído a Geddel

De acordo com o jornal Folha de S.Paulo, a Polícia Federal também realiza buscas na casa de Lúcio na capital baiana. O apartamento é vizinho ao de Geddel. Outro alvo da operação, ainda segundo o jornal, é Job Ribeiro Brandão, assessor de Lúcio e que também já trabalhou para Geddel. 

 

 

ENTENDA MAIS SOBRE: , , , , , ,

Jornalismo crítico e inteligente. Todos os dias, no seu e-mail

Assine nossa newsletter

Assine nossa newsletter e receba um boletim matinal exclusivo

Um minuto, por favor…

O bolsonarismo perdeu a batalha das urnas, mas não está morto.

Diante de um país tão dividido e arrasado, é preciso centrar esforços em uma reconstrução.

Seu apoio, leitor, será ainda mais fundamental.

Se você valoriza o bom jornalismo, ajude CartaCapital a seguir lutando por um novo Brasil.

Assine a edição semanal da revista;

Ou contribua, com o quanto puder.

Jornalismo crítico e inteligente. Todos os dias, no seu e-mail

Assine nossa newsletter

Assine nossa newsletter e receba um boletim matinal exclusivo