CartaExpressa

Líder da bancada evangélica critica ausência de Lula na Marcha para Jesus: ‘Não compreendeu nossa importância’

O presidente enviou uma carta à organização agradecendo o ‘honroso convite’, mas disse que não poderia comparecer

O deputado federal Eli Borges. Foto: Luis Macedo/Câmara dos Deputados
Apoie Siga-nos no

O deputado federal Eli Borges (PL-TO), líder da bancada evangélica na Câmara, criticou a recusa do presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) em participar da Marcha para Jesus, que acontece nesta quinta-feira 8.

“O presidente ainda não compreendeu a importância do povo evangélico no Brasil”, afirmou o parlamentar ao jornal O Estado de S. Paulo na quarta-feira 7. “Pela importância do evento, o sentimento é de que ele [Lula] precisa rediscutir o conceito do povo evangélico”.

O petista enviou carta ao apóstolo Estevam Hernandes, idealizador do evento, agradecendo o “honroso convite” mas avisou que não poderia comparecer.

No documento, contudo, o presidente informou que será representado na Marcha pela deputada Benedita da Silva (PT), quadro evangélico pioneiro da sigla, e Jorge Messias, o advogado-geral da União.

“Sempre admirei e respeitei a Marcha para Jesus, que considero uma das mais extraordinárias expressões de fé do nosso povo”, diz o texto assinado por Lula.

À Folha de S.Paulo, Hernandes disse ter recebido positivamente o comunicado de Lula. “Achei muito importante da parte dele esse reconhecimento da Marcha, no sentido de ser um evento cristão de importância mundial”, destacou.

ENTENDA MAIS SOBRE: , , , ,

Jornalismo crítico e inteligente. Todos os dias, no seu e-mail

Assine nossa newsletter

Assine nossa newsletter e receba um boletim matinal exclusivo

Um minuto, por favor…

O bolsonarismo perdeu a batalha das urnas, mas não está morto.

Diante de um país tão dividido e arrasado, é preciso centrar esforços em uma reconstrução.

Seu apoio, leitor, será ainda mais fundamental.

Se você valoriza o bom jornalismo, ajude CartaCapital a seguir lutando por um novo Brasil.

Assine a edição semanal da revista;

Ou contribua, com o quanto puder.

Leia também

Jornalismo crítico e inteligente. Todos os dias, no seu e-mail

Assine nossa newsletter

Assine nossa newsletter e receba um boletim matinal exclusivo