Política

Janja reage a postagem de Michelle: ‘Deus é sinônimo de amor, não importa qual religião’

Para atacar Lula, a primeira-dama ligou religiões afro-brasileiras a ‘trevas’

Janja e Lula. Foto: Ricardo Stuckert
Apoie Siga-nos no

A socióloga Rosângela “Janja” da Silva, mulher do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT), rebateu a publicação da primeira-dama Michelle Bolsonaro que compartilhou, nesta terça-feira 9, um vídeo em uma rede social em que associa religiões de matrizes afro-brasileiras, como o candomblé e a umbanda, às “trevas”. As imagens resgatam a participação de Lula em um encontro com grupos religiosos em Salvador.

“Eu aprendi que Deus é sinônimo de amor, compaixão e, sobretudo, de paz e de respeito. Não importa qual a religião e qual o credo. A minha vida e a do meu marido sempre foram e sempre serão pautadas por esses princípios”, escreveu Janja, esposa de Lula, no Twitter.

O vídeo foi inicialmente divulgado pela vereadora Sonaira Fernandes (Republicanos-SP) no Instagram nesta segunda-feira. Nele, Lula aparece diante de uma religiosa recebendo pipoca sobre a cabeça.

“Lula já entregou sua alma para vencer essa eleição”, escreveu a vereadora bolsonarista. Michelle então compartilhou no Instagram. “Isso pode, né? Eu falar de Deus, não”, questionou.

ENTENDA MAIS SOBRE: , , , , ,

Jornalismo crítico e inteligente. Todos os dias, no seu e-mail

Assine nossa newsletter

Assine nossa newsletter e receba um boletim matinal exclusivo

Leia também

Jornalismo crítico e inteligente. Todos os dias, no seu e-mail

Assine nossa newsletter

Assine nossa newsletter e receba um boletim matinal exclusivo

Um minuto, por favor…

O bolsonarismo perdeu a batalha das urnas, mas não está morto.

Diante de um país tão dividido e arrasado, é preciso centrar esforços em uma reconstrução.

Seu apoio, leitor, será ainda mais fundamental.

Se você valoriza o bom jornalismo, ajude CartaCapital a seguir lutando por um novo Brasil.

Assine a edição semanal da revista;

Ou contribua, com o quanto puder.