CartaExpressa

Jair Renan é denunciado pelo MP por lavagem de dinheiro e falsidade ideológica

Filho do ex-presidente já tinha sido iniciado pela Polícia Civil no âmbito do mesmo processo

Jair Renan, o filho '04' de Jair Bolsonaro. Foto: Reprodução/Redes Sociais
Apoie Siga-nos no

Jair Renan, filho do ex-presidente Jair Bolsonaro (PL), foi indicado pelo Ministério Público do Distrito Federal por lavagem de dinheiro, falsidade ideológica e uso de documento falso.

O filho ’04’ de Bolsonaro já tinha sido iniciado pela Polícia Civil no âmbito do mesmo processo. A informação foi divulgada inicialmente pelo jornal O Globo e confirmada por CartaCapital.

Segundo o relatório da investigação, encaminhado ao Judiciário em 8 de fevereiro, Renan e o instrutor de tiros Maciel Carvalho teriam falsificado relações de faturamento da empresa RB Eventos e Mídia.

Segundo a polícia, o valor da declaração falsa chegaria a 4,6 milhões de reais. O objetivo seria viabilizar um empréstimo bancario.

Em agosto, Renan chegou a ser alvo de um mandado de busca e apreensão. Na ocasião, agentes levaram um celular e um HD.

ENTENDA MAIS SOBRE: , , ,

Jornalismo crítico e inteligente. Todos os dias, no seu e-mail

Assine nossa newsletter

Assine nossa newsletter e receba um boletim matinal exclusivo

Um minuto, por favor…

O bolsonarismo perdeu a batalha das urnas, mas não está morto.

Diante de um país tão dividido e arrasado, é preciso centrar esforços em uma reconstrução.

Seu apoio, leitor, será ainda mais fundamental.

Se você valoriza o bom jornalismo, ajude CartaCapital a seguir lutando por um novo Brasil.

Assine a edição semanal da revista;

Ou contribua, com o quanto puder.

Leia também

Jornalismo crítico e inteligente. Todos os dias, no seu e-mail

Assine nossa newsletter

Assine nossa newsletter e receba um boletim matinal exclusivo