Política

‘Estarei em palanque defendendo a democracia’, diz Tebet sobre apoio no 2º turno

A pré-candidata pelo MDB se apresentou como a ‘única alternativa capaz de pacificar unificar o País em defesa da democracia e do povo’

Quinta via. Tebet marca 1% nas pesquisas - Imagem: Redes sociais
Quinta via. Tebet marca 1% nas pesquisas - Imagem: Redes sociais
Apoie Siga-nos no

A pré-candidata à Presidência da República pelo MDB, Simone Tebet, afirmou que caso não consiga chegar ao segundo turno das eleições estará “em palanque defendendo a democracia”. A declaração foi feita em entrevista ao podcast “O Assunto”, na segunda-feira 20. 

A senadora, até agora, tem baixa capilaridade, marcando em média 2% de intenções de votos nas pesquisas. Questionada sobre o segundo turno, Tebet afirmou que não “ficará assistindo na sala”. 

“Eu posso dizer o que eu não vou fazer [no 2º turno]. Eu não estarei assistindo na sala, na frente de uma TV. Eu estarei em um palanque eleitoral defendendo a democracia e defendendo as propostas de País que possam efetivamente tirar o País dessa vergonhosa estatística de ser um dos mais desiguais do mundo”, afirmou. 

Sobre economia, a senadora defende a manutenção do teto de gastos, porém, com mais “flexibilidade” e prazo final para a regra de maior austeridade econômica. Segundo a pré-candidata, a norma é a “é a única âncora fiscal que ficou”. 

Quando o assunto foi a Petrobras, a senadora se mostrou contra a privatização e ironizou a tentativa do presidente Jair Bolsonaro (PL) de dar início a uma CPI que poderia prejudica-lo. 

“Eu nunca vi um presidente da República querer abrir uma CPI para investigar atos que podem até condená-lo”, afirmou. “Faço questão de assinar para apurar como está sendo essa ingerência na estatal.”

A pré-candidata se apresentou como a “única alternativa capaz de pacificar e unificar o País em defesa da democracia e do povo”.

 

CartaCapital
Há 27 anos, a principal referência em jornalismo progressista no Brasil.

Tags: , , ,

Jornalismo crítico e inteligente. Todos os dias, no seu e-mail

Assine nossa newsletter

Assine nossa newsletter e receba um boletim matinal exclusivo

Um minuto, por favor...

Apoiar o bom jornalismo nunca foi tão importante

Obrigado por ter chegado até aqui. Nós, da CartaCapital, temos o compromisso diário de levar até os leitores um jornalismo crítico, que chama as coisas pelo nome. E sempre alicerçado em dados e fontes confiáveis. Acreditamos que este seja o melhor antídoto contra as fake news e o extremismo que ameaçam a liberdade e a democracia.

Se este combate também é importante para você, junte-se a nós! Contribua, com o quanto que puder. Ou assine e tenha acesso ao conteúdo completo de CartaCapital.

Leia também

Jornalismo crítico e inteligente. Todos os dias, no seu e-mail

Assine nossa newsletter

Assine nossa newsletter e receba um boletim matinal exclusivo

Um minuto, por favor...

Apoiar o bom jornalismo nunca foi tão importante

Obrigado por ter chegado até aqui. Nós, da CartaCapital, temos o compromisso diário de levar até os leitores um jornalismo crítico, que chama as coisas pelo nome. E sempre alicerçado em dados e fontes confiáveis. Acreditamos que este seja o melhor antídoto contra as fake news e o extremismo que ameaçam a liberdade e a democracia.

Se este combate também é importante para você, junte-se a nós! Contribua, com o quanto que puder. Ou assine e tenha acesso ao conteúdo completo de CartaCapital.