Política

Empresário que organiza viagem de deputados a China é dono do Pixuleco

Visita ao país comunista não tem viés ideológico e busca estreitar laços comerciais, afirma o organizador

O boneco pixuleco, do empresário Vinícius Aquino (Foto: arquivo pessoal) O boneco pixuleco, do empresário Vinícius Aquino (Foto: arquivo pessoal)
Apoie Siga-nos no

O empresário de Brasília Vinicius Aquino, organizador de uma viagem à China que será feita por 13 parlamentares do PSL, DEM e PSD, é o dono da marca e do boneco gigante conhecido como Pixuleco, uma caricatura inflável do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva com roupas de presidiário.

Ele também é detentor da marca MBL (Movimento Brasil Livre), obtida após batalha judicial com os membros mais conhecidos do movimento de direita, como o deputado federal Kim Kataguiri (DEM-SP) e o empresário Renan Santos.

Atualmente, trabalha na equipe do deputado Alexandre Frota (PSL-SP), com quem divide a propriedade da marca MBL.

O empresário Vinícius Aquino, que venceu disputa judicial pela marca MBL (Foto: arquivo pessoal)

Em entrevista à CartaCapital, ele contou que escolheu os deputados que farão a viagem – integralmente custeada pelo governo chinês – segundo critérios de amizade e capacidade de influenciar a sociedade e as redes digitais.

“Convidei os deputados de que gosto e confio, e que são web influencers, para que a esta viagem possa trazer o maior êxito possível”, afirmou Aquino. Ele explicou que “esta viagem partiu da minha vontade de demonstrar para meus amigos como é a China, para assim desmistificar essa questão ideológica”. Aquino negociou a viagem e o roteiro com funcionários da embaixada chinesa em Brasília. Os principais compromissos dos parlamentares serão em visitas a empresas de segurança e tecnologia.

“Na primeira vez que fui a China, durante o governo Michel Temer, entendi muito bem a maneira como eles querem se relacionar com o Brasil. Não há o menor interesse em se envolver com questões ideológicas do governo brasileiro, e sim estabelecer cada vez mais e melhores relações comerciais”, disse Aquino, que não consultou o presidente Jair Bolsonaro para organizar a excursão.

“Não se trata de uma visita de Estado, tanto é que os parlamentares eleitos irão ainda antes de tomarem posse”, disse o empresário, explicando que a viagem será entres os dias 14 e 25 deste mês. Os congressistas que irão ao país asiático são a senadora eleita Soraya Thronicke, os deputados eleitos Carla Zambelli, Daniel Silveira, Tio Trutis, Junior  Bozzella, Felício Laterça,  Bibo Nunes, Charlles Evangelista, Marcelo Freitas, Sargento Gurgel, (todos do PSL), e Luís Miranda (DEM), além do deputado Alexandre Serfiotis (PSD).

Leia também: EUA, China e a supremacia tecnológica

Veja, abaixo, a agenda prevista de compromissos dos congressistas.


18 DE JANEIRO, SEXTA-FEIRA

– Visita técnica à CEC-China Electronics Corporation

– Audiência e almoço com o Sr. LI JUN, Vice-ministro do Departamento Internacional do Comitê Central do Partido Comunista da China

– Visita técnica à COFCO-Corporation

– Visita à Comissão das Relações Exteriores da Assembleia Nacional Popular da China

19 DE JANEIRO, SÁBADO

Leia também: Declarações de Bolsonaro e desinteresse econômico afastam a África

– Diálogo com professores da Universidade de Bejing, com temas de “Iniciativa do Cinturão e Rota” e “Situações e Expectativas das Cooperações China-América Latina e Caribe”

– Visita à Cidade Proibida (Palácio Imperial)

20 – 21 DE JANEIRO, DOMINGO E SEGUNDA-FEIRA

– Visita aos projetos da “Iniciativa do Cinturão e Rota”

– Visita a projetos de segurança pública

– Visita à Ponte de Hong Kong-Macau-Zhuhai

– Visita à Nova Área de Hengqin

22 e 23 DE JANEIRO, TERÇA E QUARTA-FEIRA

– Visita as projetos de desenvolvimento econômico e social na província de Guangdong

24 DE JANEIRO, QUINTA-FEIRA

– Visita ao Museu de Shenzhen

– Volta para o Brasil

Vinicius Segalla

Vinicius Segalla
Ex-editor executivo do site de CartaCapital

Tags: , , ,

Jornalismo crítico e inteligente. Todos os dias, no seu e-mail

Assine nossa newsletter

Assine nossa newsletter e receba um boletim matinal exclusivo

Um minuto, por favor...

Apoiar o bom jornalismo nunca foi tão importante

Obrigado por ter chegado até aqui. Nós, da CartaCapital, temos o compromisso diário de levar até os leitores um jornalismo crítico, que chama as coisas pelo nome. E sempre alicerçado em dados e fontes confiáveis. Acreditamos que este seja o melhor antídoto contra as fake news e o extremismo que ameaçam a liberdade e a democracia.

Se este combate também é importante para você, junte-se a nós! Contribua, com o quanto que puder. Ou assine e tenha acesso ao conteúdo completo de CartaCapital.

Leia também

Jornalismo crítico e inteligente. Todos os dias, no seu e-mail

Assine nossa newsletter

Assine nossa newsletter e receba um boletim matinal exclusivo

Um minuto, por favor...

Apoiar o bom jornalismo nunca foi tão importante

Obrigado por ter chegado até aqui. Nós, da CartaCapital, temos o compromisso diário de levar até os leitores um jornalismo crítico, que chama as coisas pelo nome. E sempre alicerçado em dados e fontes confiáveis. Acreditamos que este seja o melhor antídoto contra as fake news e o extremismo que ameaçam a liberdade e a democracia.

Se este combate também é importante para você, junte-se a nós! Contribua, com o quanto que puder. Ou assine e tenha acesso ao conteúdo completo de CartaCapital.