CartaExpressa

Embaixador brasileiro pede desculpas à família de Dom Phillips por dizer que corpos haviam sido encontrados

Segundo o ‘Guardian’, o enviado afirmou que informações passadas anteriormente ‘não se mostraram corretas’; PF e indígenas continuam buscas e perícias

O indigenista Bruno Pereira à esquerda e o jornalista Dom Phillips à direita - Foto: Reprodução/Redes Sociais e Marcos Corrêa/PR
Apoie Siga-nos no

O embaixador brasileiro no Reino Unido se desculpou com a família de Dom Phillips por informar que o corpo do jornalista e de seu colega de viagem Bruno Pereira haviam sido encontrados. A informação é do jornal britânico The Guardian. 

Nesta segunda-feira 13, o funcionário da embaixada brasileira fez contato com a irmã de Dom para informar a localização dos corpos, que teriam sido achados amarrados a uma árvore, uma semana após o desaparecimento da dupla na região do Rio Javari. 

A informação repassada pelo embaixador, contufo, foi posteriormente negada pela Polícia Federal, responsável pelas buscas conjuntas com indígenas voluntários. 

O embaixador Fred Arruda emitiu uma declaração à família, retirando a informação anteriormente repassada. 

“Lamentamos profundamente que a embaixada tenha passado à família ontem informações que não se mostraram corretas”, disse ele.

O diplomata alegou que a equipe formada por múltiplas agências criada na Embaixada havia dito “enganada” por informações recebidas de “investigadores oficiais”. 

“Pensando bem, houve precipitação por parte da equipe multi-agências, pelo que peço desculpa de todo o coração”, acrescentou Arruda, insistindo que “a operação de busca vai continuar, sem poupar esforços”.

“Nossos pensamentos permanecem com Dom, Bruno, vocês e os outros membros de ambas as famílias”, termina o comunicado.

A Polícia Federal e o grupo de buscar formados por indígenas da Unijava continuam as buscas pela dupla que viajava pela região para coletar informações e depoimentos para um livro sobre o meio ambiente. 

ENTENDA MAIS SOBRE: , , , ,

Jornalismo crítico e inteligente. Todos os dias, no seu e-mail

Assine nossa newsletter

Assine nossa newsletter e receba um boletim matinal exclusivo

Apoie o jornalismo que chama as coisas pelo nome

Os Brasis divididos pelo bolsonarismo vivem, pensam e se informam em universos paralelos. A vitória de Lula nos dá, finalmente, perspectivas de retomada da vida em um país minimamente normal. Essa reconstrução, porém, será difícil e demorada. E seu apoio, leitor, é ainda mais fundamental.

Portanto, se você é daqueles brasileiros que ainda valorizam e acreditam no bom jornalismo, ajude CartaCapital a seguir lutando. Contribua com o quanto puder.

Quero apoiar

Leia também

Jornalismo crítico e inteligente. Todos os dias, no seu e-mail

Assine nossa newsletter

Assine nossa newsletter e receba um boletim matinal exclusivo