…

Em Brasília, indígenas protestam pela saída do ministro da Justiça

Política

Indígenas reunidos em Brasília protestaram em frente ao Congresso Nacional na tarde da terça-feira 25, pedindo a saída do ministro da Justiça, Osmar Serraglio, e a retomada do processo de demarcação de terras.

Integrantes da Polícia Legislativa lançaram bombas de gás para impedir o avanço dos manifestantes. 

Ao menos 500 índios protestavam no local quando se aproximaram do espelho d’água para depositar caixões simbolizando o etnocídio das populações originais. Nesse momento, a Polícia Legislativa jogou bombas de gás contra os manifestantes, que não recuaram e reagiram atirando flechas. Por volta das 16h30, a Polícia Militar do Distrito Federal chegou ao local. 

Na última terça-feira 18, quando um grupo de policiais civis chegou a invadir o prédio da Câmara dos Deputados, a PM não foi convocada. 

Além da saída do ministro da Justiça, os indígenas, que estavam reunidos no Acampamento Terra Livre desde a segunda 24, pedem o fortalecimento da Funai, além de melhorias nas políticas de saúde e educação para essas populações.   

 

Um minuto, por favor...

Obrigado por ter chegado até aqui. Combater a desinformação, as mentiras e os ataques às instituições custa tempo e dinheiro. Nós, da CartaCapital, temos o compromisso diário de levar até os leitores um jornalismo crítico, alicerçado em dados e fontes confiáveis. Acreditamos que este seja o melhor antídoto contra as fake news e o extremismo que ameaçam a liberdade e a democracia.

Se você acredita no nosso trabalho, junte-se a nós. Apoie, da maneira que puder. Ou assine e tenha acesso ao conteúdo integral de CartaCapital!

Compartilhar postagem