Política

Elon Musk chega ao Brasil nesta sexta para tratar da ‘proteção da Amazônia’, diz Fábio Faria

Bolsonaro deve participar do encontro. Nesta quinta, o presidente afirmou que encontrará com ‘uma pessoa muito importante’ e ‘reconhecida no mundo todo’

O ministro das Comunicações, Fábio Faria. Foto: Reprodução
O ministro das Comunicações, Fábio Faria. Foto: Reprodução
Apoie Siga-nos no

O ministro das Comunicações, Fábio Faria, afirmou pelo Twitter que o empresário Elon Musk chegará ao Brasil nesta sexta-feira para tratar com o governo brasileiro sobre “conectividade e proteção da Amazônia”. Segundo informou o colunista do GLOBO Lauro Jardim, o empresário se encontrará com o presidente Jair Bolsonaro no hotel Fasano Boa Vista, no interior paulista, onde acontecerá um almoço com empresários e alguns ministros do governo. O encontro, no entanto, não consta na agenda oficial do presidente.

Nesta quinta-feira, durante a live semanal, Bolsonaro afirmou que terá uma agenda “com uma pessoa muito importante, que é reconhecida no mundo todo”. O chefe do Executivo, no entanto, não deu mais detalhes.

— Tenho um encontro amanhã (sexta-feira) com uma pessoa muito importante, que é reconhecida no mundo todo, que vem para cá oferecer, para ajudar a nossa Amazônia, o coração — disse Bolsonaro.

O presidente sempre criticou opiniões estrangeiras sobre a Floresta e negou qualquer chance de apoio internacional para ampliar a preservação da região e constantemente bate boca em redes sociais com artistas globais que falam do tema, como o ator Leonardo DiCaprio.

O encontro desta sexta-feira é um convite do próprio ministro. Faria também publicou que realizará um evento no mesmo dia sobre a Amazônia ao lado do presidente e dos ministros Ciro Nogueira (Casa Civil), Paulo Sérgio (Defesa) e Carlos França (Relações Exteriores).

“Vamos falar sobre os marcos regulatórios, regulação da Amazônia e conectividade nas escolas”, escreveu Faria no Twitter. “A meta do MCom (Ministério das Comunicações) é conectar 100% das escolas até o final do ano e fazer com que a tecnologia ajude na preservação da Amazônia”.

No ano passado, Fábio Faria se encontrou nos Estados Unidos com Musk. Na ocasião, o ministro anunciou que buscava parceria com o bilionário para conectar escolas rurais e ‘”proteger” a Amazônia.

Elon Musk é mundialmente conhecido por fundar e liderar as empresas SpaceX e Tesla, de carros elétricos. Musk é o homem mais rico do mundo, dono de uma fortuna de estimada em US$ 210 bilhões. A Spacex é uma companhia espacial com cerca de 4.500 satélites que orbitam em baixa altitude. A categoria inclui equipamentos que ficam em órbita a até 2.000 quilômetros de altitude, numa nova modalidade para fornecer internet em áreas remotas.

Segundo o ministro brasileiro, a ideia é que a cobertura de internet no local facilite o monitoramento realizado pelo governo na Amazônia.

Agência O Globo

Agência O Globo
Agência de notícias e de fotojornalismo do Grupo Globo.

Tags: , , ,

Jornalismo crítico e inteligente. Todos os dias, no seu e-mail

Assine nossa newsletter

Assine nossa newsletter e receba um boletim matinal exclusivo

Um minuto, por favor...

Apoiar o bom jornalismo nunca foi tão importante

Obrigado por ter chegado até aqui. Nós, da CartaCapital, temos o compromisso diário de levar até os leitores um jornalismo crítico, que chama as coisas pelo nome. E sempre alicerçado em dados e fontes confiáveis. Acreditamos que este seja o melhor antídoto contra as fake news e o extremismo que ameaçam a liberdade e a democracia.

Se este combate também é importante para você, junte-se a nós! Contribua, com o quanto que puder. Ou assine e tenha acesso ao conteúdo completo de CartaCapital.

Jornalismo crítico e inteligente. Todos os dias, no seu e-mail

Assine nossa newsletter

Assine nossa newsletter e receba um boletim matinal exclusivo

Um minuto, por favor...

Apoiar o bom jornalismo nunca foi tão importante

Obrigado por ter chegado até aqui. Nós, da CartaCapital, temos o compromisso diário de levar até os leitores um jornalismo crítico, que chama as coisas pelo nome. E sempre alicerçado em dados e fontes confiáveis. Acreditamos que este seja o melhor antídoto contra as fake news e o extremismo que ameaçam a liberdade e a democracia.

Se este combate também é importante para você, junte-se a nós! Contribua, com o quanto que puder. Ou assine e tenha acesso ao conteúdo completo de CartaCapital.