Política

Eliseu Padilha, ministro da Casa Civil, pede licença do governo Temer

Afastamento do governo ocorre após José Yunes, amigo de Michel Temer, afirmar ter recebido um pacote em seu escritório a pedido de Padilha

Padilha deve fazer, ainda no fim de semana, uma cirurgia para a retirada da próstata
Padilha deve fazer, ainda no fim de semana, uma cirurgia para a retirada da próstata
Apoie Siga-nos no

Eliseu Padilha, ministro da Casa Civil, pediu licença do governo de Michel Temer na noite de quarta-feira 23, alegando problemas de saúde.

A saída de Padilha ocorre em um momento de crise no governo peemedebista: o empresário José Yunes, amigo próximo de Temer, afirmou ter recebido a pedido do ministro da Casa Civil , um pacote m seu escritório enviado por Lucio Funaro, apontado como operador do deputado cassado e ex-presidente da Câmara, Eduardo Cunha (PMDB-RJ).

Ex-executivo da Odebrecht, Claudio Melo Filho, também afirmou que enviou dinheiro vivo, a pedido de Padilha, ao escritório de José Yunes.

Padilha viajou para a sua casa em Porto Alegre e deve fazer, ainda no fim de semana, uma cirurgia para a retirada da próstata. Ele foi internado no hospital do Exército, em Brasília, na segunda feira 21, após uma hemorragia causada por obstrução urinária. Foi constatado o aumento da próstata.

A previsão é que ele volte ao cargo no dia 6 de março.

CartaCapital
Há 27 anos, a principal referência em jornalismo progressista no Brasil.

Tags: , , , ,

Jornalismo crítico e inteligente. Todos os dias, no seu e-mail

Assine nossa newsletter

Assine nossa newsletter e receba um boletim matinal exclusivo

Um minuto, por favor...

Apoiar o bom jornalismo nunca foi tão importante

Obrigado por ter chegado até aqui. Nós, da CartaCapital, temos o compromisso diário de levar até os leitores um jornalismo crítico, que chama as coisas pelo nome. E sempre alicerçado em dados e fontes confiáveis. Acreditamos que este seja o melhor antídoto contra as fake news e o extremismo que ameaçam a liberdade e a democracia.

Se este combate também é importante para você, junte-se a nós! Contribua, com o quanto que puder. Ou assine e tenha acesso ao conteúdo completo de CartaCapital.

Jornalismo crítico e inteligente. Todos os dias, no seu e-mail

Assine nossa newsletter

Assine nossa newsletter e receba um boletim matinal exclusivo

Um minuto, por favor...

Apoiar o bom jornalismo nunca foi tão importante

Obrigado por ter chegado até aqui. Nós, da CartaCapital, temos o compromisso diário de levar até os leitores um jornalismo crítico, que chama as coisas pelo nome. E sempre alicerçado em dados e fontes confiáveis. Acreditamos que este seja o melhor antídoto contra as fake news e o extremismo que ameaçam a liberdade e a democracia.

Se este combate também é importante para você, junte-se a nós! Contribua, com o quanto que puder. Ou assine e tenha acesso ao conteúdo completo de CartaCapital.