Eduardo Suplicy anuncia pré-candidatura à Prefeitura de São Paulo

O petista foi o vereador mais votado na história da cidade e é um nome forte da esquerda na capital

Vereador Eduardo Suplicy. Foto: Ricardo Stuckert

Vereador Eduardo Suplicy. Foto: Ricardo Stuckert

Política

O vereador da cidade de São Paulo, Eduardo Suplicy (PT), anunciou que é pré-candidato à prefeitura de São Paulo pelo Partido dos Trabalhadores. Em um vídeo, postado nesta quinta-feira 19 em suas redes sociais, o político disse que vai participar do debate interno do partido para decidir quem será o representante do PT.

Suplicy é um nome forte da esquerda na capital paulista. Mesmo tendo perdido as últimas eleições para o Senado Federal, o petista foi o vereador mais votado na história da Câmara dos Vereadores. Além disso, ele já foi senador, deputado federal, deputado estadual e secretário de Direitos Humanos durante a gestão Haddad na capital paulista.

Além de Suplicy, já anunciaram pré-candidatura os deputados federais Alexandre Padilha, Carlos Zarantini e Paulo Teixeira. Se candidataram também o professor Nabil Bonduki e o vice-presidente da sigla em São Paulo, Jilmar Tatto. A prévia do partido será realizada em março de 2020.

Ainda não há um nome definido para o partido na corrida à prefeitura, que perdeu nas últimas eleições para João Doria (PSDB). Desde que saiu da  prisão, o ex-presidente Lula vem costurando possíveis nomes do PT nas principais capitais.

O petista já disse que defende nomes próprios do partido nas grandes cidades, mas vem demostrando apoio ao nome de Marcelo Freixo (PSOL) no Rio de Janeiro. Em São Paulo, Lula chegou fazer um aceno para a ex-petista Marta, que governou a cidade de 2000 a 2005, mas até o momento não houve uma demonstração que a ex-senadora aceitaria voltar para o partido.

 

Responda nossa pesquisa e nos ajude a entender o que nossos leitores esperam de CartaCapital

Um minuto, por favor...

Obrigado por ter chegado até aqui. Combater a desinformação, as mentiras e os ataques às instituições custa tempo e dinheiro. Nós, da CartaCapital, temos o compromisso diário de levar até os leitores um jornalismo crítico, alicerçado em dados e fontes confiáveis. Acreditamos que este seja o melhor antídoto contra as fake news e o extremismo que ameaçam a liberdade e a democracia.

Se você acredita no nosso trabalho, junte-se a nós. Apoie, da maneira que puder. Ou assine e tenha acesso ao conteúdo integral de CartaCapital!

Repórter do site de CartaCapital

Compartilhar postagem