Política

Doria autoriza que bares e restaurantes funcionem até as 22h em SP

São Paulo é o estado mais atingido pelo coronavírus no Brasil

O governador João Doria (PSDB). Foto: Governo do Estado de São Paulo
O governador João Doria (PSDB). Foto: Governo do Estado de São Paulo
Apoie Siga-nos no

O governador de São Paulo, João Doria (PSDB), anunciou nesta quarta-feira 5 que bares e restaurantes da capital paulista poderão funcionar até às 22h. A medida também se aplica a cidades que estejam na fase amarela em por pelo menos duas semanas.  Atualmente, os locais podem funcionar até às 17h.

A mudança acontece após reclamações do setor, que estava autorizado a atender aos clientes até as 17h. Doria ressaltou que a regra de funcionar apenas seis horas por dia e com apenas 40% da capacidade do local continuam.

“Não houve impacto significativo na volta dos restaurantes em regiões que estão na fase amarela no estado de São Paulo. Toda a região que entrar na fase amarela, após duas semanas poderá se adequar a essa regra. As pessoas não poderão ficar em pé, apenas sentadas e respeitando a capacidade de 40% do estabelecimento”, ressaltou o governador.

De acordo com o Plano São Paulo, a gestão estadual estabelece as medidas básicas e restrições, e autoriza a reabertura dos setores de acordo com a fase da quarentena. Aos prefeitos, cabe regulamentar como será feita a reabertura em cada cidade.

São Paulo é o estado mais atingido pelo coronavírus no Brasil, registrando mais de 500 mil casos e 23 mil mortes.

CartaCapital
Há 27 anos, a principal referência em jornalismo progressista no Brasil.

Tags: , , , , , , ,

Jornalismo crítico e inteligente. Todos os dias, no seu e-mail

Assine nossa newsletter

Assine nossa newsletter e receba um boletim matinal exclusivo

Um minuto, por favor...

Apoiar o bom jornalismo nunca foi tão importante

Obrigado por ter chegado até aqui. Nós, da CartaCapital, temos o compromisso diário de levar até os leitores um jornalismo crítico, que chama as coisas pelo nome. E sempre alicerçado em dados e fontes confiáveis. Acreditamos que este seja o melhor antídoto contra as fake news e o extremismo que ameaçam a liberdade e a democracia.

Se este combate também é importante para você, junte-se a nós! Contribua, com o quanto que puder. Ou assine e tenha acesso ao conteúdo completo de CartaCapital.

Jornalismo crítico e inteligente. Todos os dias, no seu e-mail

Assine nossa newsletter

Assine nossa newsletter e receba um boletim matinal exclusivo

Um minuto, por favor...

Apoiar o bom jornalismo nunca foi tão importante

Obrigado por ter chegado até aqui. Nós, da CartaCapital, temos o compromisso diário de levar até os leitores um jornalismo crítico, que chama as coisas pelo nome. E sempre alicerçado em dados e fontes confiáveis. Acreditamos que este seja o melhor antídoto contra as fake news e o extremismo que ameaçam a liberdade e a democracia.

Se este combate também é importante para você, junte-se a nós! Contribua, com o quanto que puder. Ou assine e tenha acesso ao conteúdo completo de CartaCapital.