Política

Datafolha no Rio: Paes amplia liderança e Crivella é segundo

Atual prefeito e candidato à reeleição, Crivella aparece com o maior índice de rejeição

O prefeito do Rio de Janeiro, Eduardo Paes. Foto: Agência Brasil
O prefeito do Rio de Janeiro, Eduardo Paes. Foto: Agência Brasil
Apoie Siga-nos no

Pesquisa Datatolha divulgada nesta quarta-feira 11 mostra o ex-prefeito Eduardo Paes (DEM) ampliando sua vantagem na liderança da corrida rumo à Prefeitura do Rio de Janeiro, com 34% das intenções de voto. Ele tinha 31% no levantamento de 5 de novembro.

Em segundo lugar, aparece o prefeito e candidato à reeleição, Marcelo Crivella (Republicanos), que oscilou de 15% para 14%. A terceira posição é de Martha Rocha (PDT), que foi de 13% para 11%. Benedita da Silva (PT) aparece com 8% em ambas as pesquisas.

Na sequência, a pesquisa mostra Luiz Lima (PSL), com 5%; Renata Souza (PSOL), com 4%; Bandeira de Mello (Rede) e Paulo Messina (MDB), com 2%; Clarissa Garotinho (Pros), Fred Luz (Novo) e Glória Heloiza (PSC), com 1%.

Cyro Garcia (PSTU), Suêd Haidar (PMB) e Henrique Simonard (PCO) não pontuaram.

Brancos e nulos somam 14%. Não souberam ou não opinaram 3% dos entrevistados.

Marcelo Crivella segue com o maior nível de rejeição entre os candidatos. 62% disseram que não votariam nele de jeito nenhum. Ele é seguido por Eduardo Paes, com 31%; Clarissa Garotinho, com 26%; Benedita da Silva, com 24%; e Martha Rocha, com 15%.

O Datafolha ouviu 1.148 eleitores da cidade do Rio de Janeiro entre os dias 9 e 10 de novembro. A margem de erro é de três pontos percentuais para mais ou para menos.

CartaCapital
Há 27 anos, a principal referência em jornalismo progressista no Brasil.

Tags: , , , , , ,

Jornalismo crítico e inteligente. Todos os dias, no seu e-mail

Assine nossa newsletter

Assine nossa newsletter e receba um boletim matinal exclusivo

Um minuto, por favor...

Apoiar o bom jornalismo nunca foi tão importante

Obrigado por ter chegado até aqui. Nós, da CartaCapital, temos o compromisso diário de levar até os leitores um jornalismo crítico, que chama as coisas pelo nome. E sempre alicerçado em dados e fontes confiáveis. Acreditamos que este seja o melhor antídoto contra as fake news e o extremismo que ameaçam a liberdade e a democracia.

Se este combate também é importante para você, junte-se a nós! Contribua, com o quanto que puder. Ou assine e tenha acesso ao conteúdo completo de CartaCapital.

Leia também

Jornalismo crítico e inteligente. Todos os dias, no seu e-mail

Assine nossa newsletter

Assine nossa newsletter e receba um boletim matinal exclusivo

Um minuto, por favor...

Apoiar o bom jornalismo nunca foi tão importante

Obrigado por ter chegado até aqui. Nós, da CartaCapital, temos o compromisso diário de levar até os leitores um jornalismo crítico, que chama as coisas pelo nome. E sempre alicerçado em dados e fontes confiáveis. Acreditamos que este seja o melhor antídoto contra as fake news e o extremismo que ameaçam a liberdade e a democracia.

Se este combate também é importante para você, junte-se a nós! Contribua, com o quanto que puder. Ou assine e tenha acesso ao conteúdo completo de CartaCapital.