Política

CPMI do 8 de Janeiro cancela depoimento de Braga Netto

Comissão substituiu a oitiva marcada e ouvirá ex-assessor da presidência Osmar Crivelatti no lugar

Foto: Marcello Casal Jr/Agência Brasil
Apoie Siga-nos no

A CPMI do 8 de Janeiro cancelou o depoimento do general Walter Braga Netto, marcado para a próxima terça-feira 19, e substituiu a agenda pela oitiva de Osmar Crivelatti, ex-assessor da presidência no governo de Jair Bolsonaro.

Crivelatti é investigado no caso dos presentes recebidos pelo ex-capitão após a Polícia Federal encontrar uma troca de e-mails

Uma série de e-mails trocados por Crivelatti com outros militares obtidos pela Comissão sugerem que o ex-presidente Jair Bolsonaro (PL) e a ex-primeira-dama Michelle Bolsonaro receberam um saco e um envelope com supostas pedras preciosas no ano passado.

Crivelatti era auxiliar do tenente-coronel Mauro Cid, que por sua vez era o braço direito do ex-presidente. Desde janeiro, ele atua como assessor de Jair Bolsonaro enquanto mantém a filiação de segundo-tenente do Exército.

ENTENDA MAIS SOBRE: , , , ,

Jornalismo crítico e inteligente. Todos os dias, no seu e-mail

Assine nossa newsletter

Assine nossa newsletter e receba um boletim matinal exclusivo

Um minuto, por favor…

O bolsonarismo perdeu a batalha das urnas, mas não está morto.

Diante de um país tão dividido e arrasado, é preciso centrar esforços em uma reconstrução.

Seu apoio, leitor, será ainda mais fundamental.

Se você valoriza o bom jornalismo, ajude CartaCapital a seguir lutando por um novo Brasil.

Assine a edição semanal da revista;

Ou contribua, com o quanto puder.

Jornalismo crítico e inteligente. Todos os dias, no seu e-mail

Assine nossa newsletter

Assine nossa newsletter e receba um boletim matinal exclusivo