Política

Covas e Boulos lideram corrida pela Prefeitura de São Paulo, mostra pesquisa

Com a margem de erro, Russomanno e França também aparecem tecnicamente empatados na ponta

Créditos: divulgação Créditos: divulgação
Créditos: divulgação Créditos: divulgação

A corrida pela Prefeitura de São Paulo está com uma disputa acirrada pela primeira colocação. Foi o que mostrou pesquisa divulgada pela Consultoria Atlas nesta sexta-feira 11.

 

O prefeito e candidato à reeleição, Bruno Covas (PSDB), aparece com 16% das intenções de voto, seguido por Guilherme Boulos (PSOL), com 12,4%, Celso Russomanno (Republicanos), com 12,3%, e Márcio França (PSB), com 11,5%.

Como a margem de erro é de 3 pontos percentuais para cima ou para baixo, eles estão tecnicamente empatados.

Na sequência da pesquisa, aparece Marta Suplicy (Solidariedade), que nesta semana decidiu romper com o partido e divulgar apoio ao prefeito Bruno Covas. Ela aparece com 4,2% no levantamento.

Joice Hasselmann (PSL), Jilmar Tatto (PT) e Andrea Matarazzo (PSD) aparecem com 2,1% cada, contra 1,9% de Arthur do Val (Patriota), 1,1% de Felipe Sabará (Novo) e 0,8% de Orlando Silva (PCdoB).

Os eleitores que declararam intenção de votar em branco ou nulo são 11,9%. Os que citaram outros candidatos são 8,3%. 13,3% não sabem ou não opinaram.

O Atlas Político ouviu 1.514 pessoas em todas as regiões de São Paulo entre os dias 26 de agosto e 1º de setembro.

Assine nossa newsletter

Receba conteúdos exclusivos direto na sua caixa de entrada.

Um minuto, por favor...

Obrigado por ter chegado até aqui. Combater a desinformação, as mentiras e os ataques às instituições custa tempo e dinheiro. Nós, da CartaCapital, temos o compromisso diário de levar até os leitores um jornalismo crítico, alicerçado em dados e fonte confiáveis. Acreditamos que este seja o melhor antídoto contra as fake news e o extremismo que ameaçam a liberdade e a democracia.

Se você acredita no nosso trabalho, junte-se a nós. Apoie, da maneira que puder. Ou assine e tenha acesso ao conteúdo integral de CartaCapital!