Política

Boulos reúne Lula, Ciro, Dino e Marina em seu programa de TV

O candidato do PSOL conseguiu unir nomes da esquerda e montar uma frente ampla contra o PSDB

Boulos reúne Lula, Ciro, Dino e Marina em seu programa de TV. Foto: Reprodução.
Boulos reúne Lula, Ciro, Dino e Marina em seu programa de TV. Foto: Reprodução.
Apoie Siga-nos no

O candidato à Prefeitura de São Paulo, Guilherme Boulos (PSOL), reuniu em seu programa de TV deste sábado 21 o ex-presidente Lula (PT), o ex-ministro Ciro Gomes (PDT), o governador do Maranhão Flávio Dino (PCdoB) e a ex-ministra Marina Silva (REDE).

 

O líder do MTST conseguiu fazer a união dos partidos de esquerda que até então não havia acontecido. A frente formada na sexta, nomeada “Frente Democrática Por São Paulo”, une PSOL, PT, PDT, PSB, PCdoB, Rede, PCB e UP e é uma tentativa de empurrar Bruno Covas, que tem apoio de Celso Russomanno (Republicanos) e partidos do Centrão, para o campo do bolsonarismo.

Boulos fez uma caminhada com militantes pela comunidade de Heliópolis neste sábado e falou sobre a importância da união da esquerda para derrotar o PSDB de Bruno Covas em São Paulo. E, de acordo com o candidato, uma eventual vitória sua na cidade indicará uma possível derrota do bolsonarismo em 2022.

“Se a gente ganha em São Paulo, é o começo da derrota de Bolsonaro e de João Doria em 2022”, disse Boulos. “Tenho muito orgulho de ter recebido os apoios de sete partidos numa frente pela justiça social. Esta frente é um exemplo. Eu não escondo apoios. Eu tenho orgulho dos meus aliados e dos meus apoiadores. Covas esconde Doria e o vice (Ricardo Nunes)”

Com informação do Estadão.

CartaCapital
Há 27 anos, a principal referência em jornalismo progressista no Brasil.

Tags: , , , , , , ,

Jornalismo crítico e inteligente. Todos os dias, no seu e-mail

Assine nossa newsletter

Assine nossa newsletter e receba um boletim matinal exclusivo

Um minuto, por favor...

Apoiar o bom jornalismo nunca foi tão importante

Obrigado por ter chegado até aqui. Nós, da CartaCapital, temos o compromisso diário de levar até os leitores um jornalismo crítico, que chama as coisas pelo nome. E sempre alicerçado em dados e fontes confiáveis. Acreditamos que este seja o melhor antídoto contra as fake news e o extremismo que ameaçam a liberdade e a democracia.

Se este combate também é importante para você, junte-se a nós! Contribua, com o quanto que puder. Ou assine e tenha acesso ao conteúdo completo de CartaCapital.

Leia também

Jornalismo crítico e inteligente. Todos os dias, no seu e-mail

Assine nossa newsletter

Assine nossa newsletter e receba um boletim matinal exclusivo

Um minuto, por favor...

Apoiar o bom jornalismo nunca foi tão importante

Obrigado por ter chegado até aqui. Nós, da CartaCapital, temos o compromisso diário de levar até os leitores um jornalismo crítico, que chama as coisas pelo nome. E sempre alicerçado em dados e fontes confiáveis. Acreditamos que este seja o melhor antídoto contra as fake news e o extremismo que ameaçam a liberdade e a democracia.

Se este combate também é importante para você, junte-se a nós! Contribua, com o quanto que puder. Ou assine e tenha acesso ao conteúdo completo de CartaCapital.