Boulos e Lula são denunciados pelo MPF por invasão ao triplex do Guarujá

Para MPF, militantes e Lula agiram para danificar bem sob tutela judicial. 'Esta é a nova farsa do triplex', escreveu Boulos

Boulos e Lula são denunciados pelo MPF por invasão ao triplex do Guarujá

Política

O ex-presidente Luis (PT) e o coordenador nacional do MTST (Movimento dos Trabalhadores sem Teto), Guilherme Boulos, foram denunciados pelo Ministério Público Federal de São Paulo por invadirem o apartamento triplex no Guarujá. A denúncia foi apresentada nesta quarta-feira 29, e também envolve outros três militantes do movimento.

Manifestantes da Frente sem Medo, associada ao MTST, realizaram uma “ocupação simbólica” do apartamento localizado no Edifício Solaris, no Guarujá, dias após a prisão do ex-presidente. A denúncia acusa o grupo de “destruir ou danificar bem em poder de terceiro por determinação judicial”.  Na época, Lula tinha sido condenado a 12 anos e 1 mês de prisão pela força-tarefa da Lava Jato.

“Se é do Lula, o povo poderá ficar. Se não é, por que então ele está preso?”, escreveu Boulos na época. A ocupação durou pouco mais de duas horas até que a Polícia Militar solicitasse a saída dos manifestantes. Ninguém foi preso.

De acordo com a Procuradoria em São Paulo, o ex-presidente está na denúncia porque teria “incentivado” a ação dias antes, quando declarou que Boulos e o “pessoal” do movimento poderiam ocupar o apartamento, já que a Lava Jato apontava que o imóvel pertencia a ele.

Nas redes sociais, Boulos se manifestou dizendo que esta é “a nova farsa do triplex”.

 

Responda nossa pesquisa e nos ajude a entender o que nossos leitores esperam de CartaCapital

Um minuto, por favor...

Obrigado por ter chegado até aqui. Combater a desinformação, as mentiras e os ataques às instituições custa tempo e dinheiro. Nós, da CartaCapital, temos o compromisso diário de levar até os leitores um jornalismo crítico, alicerçado em dados e fontes confiáveis. Acreditamos que este seja o melhor antídoto contra as fake news e o extremismo que ameaçam a liberdade e a democracia.

Se você acredita no nosso trabalho, junte-se a nós. Apoie, da maneira que puder. Ou assine e tenha acesso ao conteúdo integral de CartaCapital!

Compartilhar postagem