Bolsonaro participa de motociata ‘Acelera para Cristo’ em São Paulo

Manifestação de apoiadores do presidente segue pela manhã e deve se encerrar no Ibirapuera

(Foto: Reprodução)

(Foto: Reprodução)

Política

O presidente Jair Bolsonaro participa neste sábado 12 de uma nova motociata com apoiadores, desta vez em São Paulo. O cortejo teve início por volta das 11h na Zona Norte pela Marginal do Tietê até a Rodovia dos Bandeirantes, onde o grupo deve continuar até o trevo do km 62, na altura de Jundiaí, e retornar. Depois, seguirá para o Ibirapuera. Bolsonaro lidera o grupo.

A manifestação foi organizada por integrantes de clubes de tiro e de motociclismo do interior de São Paulo e de Estados vizinhos. O ato foi divulgado também por parlamentares da base aliada ao presidente e grupos que, em São Paulo, vinham organizando protestos contra o governador João Doria (PSDB). A motociata foi nomeada de ‘Acelera para Cristo’.

 

 

 

O número de manifestantes não foi confirmado pela PM, mas no início da manhã eles já lotavam a pista da Avenida Olavo Fontoura. Para entrar no “pelotão”, cada motociclista passou por um posto de revista montado pela segurança presidencial, onde são revistados. A estrutura pública usada para o ato político em favor do presidente inclui ainda gradis em toda extensão da Olavo Fontoura para proteger os manifestantes.

A Polícia Militar teve de disponibilizar mais de 6 mil PMs para mitigar os impactos no trânsito do ato, uma vez que havia preocupação de a manifestação prejudicar o comércio neste 12 de junho, Dia dos Namorados, quarta data mais importante para o setor no ano.

*Com informações do Estadão Conteúdo

 

Junte-se ao grupo de CartaCapital no Telegram

Um minuto, por favor...

Obrigado por ter chegado até aqui. Combater a desinformação, as mentiras e os ataques às instituições custa tempo e dinheiro. Nós, da CartaCapital, temos o compromisso diário de levar até os leitores um jornalismo crítico, alicerçado em dados e fontes confiáveis. Acreditamos que este seja o melhor antídoto contra as fake news e o extremismo que ameaçam a liberdade e a democracia.

Se você acredita no nosso trabalho, junte-se a nós. Apoie, da maneira que puder. Ou assine e tenha acesso ao conteúdo integral de CartaCapital!

Compartilhar postagem