Política

Bolsonaro diz que “qualquer negócio” é considerado covid

A fala do presidente foi em resposta a um apoiador que disse ter encontrado a solução para o coronavírus

Presidente Jair Bolsonaro na saída do Palácio da Alvorada. Foto:: reprodução.
Presidente Jair Bolsonaro na saída do Palácio da Alvorada. Foto:: reprodução.
Apoie Siga-nos no

O presidente Jair Bolsonaro voltou a relativizar a pandemia do coronavírus, que já matou mais de 30 mil pessoas no Brasil. Na manhã desta quarta-feira 03, ao deixar o Palácio da Alvorada, o capitão afirmou ao seus apoiadores que “qualquer negócio é covid”, dando a entender que os governadores estão alterando dados para aumentar os números de infectados.

“Ta acontecendo geral, qualquer negócio  é covid. Agora pelo amor de Deus, tem governador, tem prefeito, vocês botaram esses caras também. Não vou falar o que tem que fazer, porque é duro fazer, porque vota de boa fé e o cara faz besteira muitas vezes. Eu não posso resolver tudo não”, afirmou o presidente.

A fala de Bolsonaro  foi em resposta a um apoiador que disse ter encontrado a solução para a covid por ter se aproximado do vírus quando seus pais foram contaminados. “É um vírus, entre aspas, só que ele tem solução. Ele não é vulnerável. Se o senhor me permitir eu posso falar com o senhor. Algumas medidas somente seriam o suficiente para resolver tudo isso”, disse o apoiador, que foi interrompido pelo presidente e não apresentou a solução que ele dizia ter.

Bolsonaro voltou a criticar as medidas de isolamento determinadas nos estados e municípios e atacou, sem citar nomes, os governantes.  “É um sistema que temos pela frente. Vai chegar a um ponto que vai passar  limite de muita gente ai”, afirmou.

Posted by Jair Messias Bolsonaro on Wednesday, 3 June 2020

CartaCapital

CartaCapital Há 27 anos, a principal referência em jornalismo progressista no Brasil.

Tags: , , ,

Jornalismo crítico e inteligente. Todos os dias, no seu e-mail

Assine nossa newsletter

Assine nossa newsletter e receba um boletim matinal exclusivo

Um minuto, por favor...

Apoiar o bom jornalismo nunca foi tão importante

Obrigado por ter chegado até aqui. Nós, da CartaCapital, temos o compromisso diário de levar até os leitores um jornalismo crítico, que chama as coisas pelo nome. E sempre alicerçado em dados e fontes confiáveis. Acreditamos que este seja o melhor antídoto contra as fake news e o extremismo que ameaçam a liberdade e a democracia.

Se este combate também é importante para você, junte-se a nós! Contribua, com o quanto que puder. Ou assine e tenha acesso ao conteúdo completo de CartaCapital.

Leia também

Jornalismo crítico e inteligente. Todos os dias, no seu e-mail

Assine nossa newsletter

Assine nossa newsletter e receba um boletim matinal exclusivo

Um minuto, por favor...

Apoiar o bom jornalismo nunca foi tão importante

Obrigado por ter chegado até aqui. Nós, da CartaCapital, temos o compromisso diário de levar até os leitores um jornalismo crítico, que chama as coisas pelo nome. E sempre alicerçado em dados e fontes confiáveis. Acreditamos que este seja o melhor antídoto contra as fake news e o extremismo que ameaçam a liberdade e a democracia.

Se este combate também é importante para você, junte-se a nós! Contribua, com o quanto que puder. Ou assine e tenha acesso ao conteúdo completo de CartaCapital.