Política

Bolsonaro diz que deputados que aplaudiram Lula no Parlamento Europeu são malucos

Presidente debochou da popularidade do petista no Parlamento Europeu e em outros círculos de poder

O presidente Jair Bolsonaro no 7 de Setembro. Foto: Reprodução/Redes Sociais
O presidente Jair Bolsonaro no 7 de Setembro. Foto: Reprodução/Redes Sociais

O presidente Jair Bolsonaro chamou de malucos os eurodeputados que aplaudiram o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva durante seu discurso no Parlamento Europeu na última segunda-feira.

“Tinham 20 deputados do PSOL deles, o equivalente. Num universo de 600 parlamentares, tinham 20, 30 presentes. Lógico que pessoal bate palma, tem maluco em tudo quanto é lugar”, afirmou o chefe do Executivo nesta sexta-feira em transmissão ao vivo nas redes sociais.

Bolsonaro também voltou a colocar em xeque a vacinação contra a covid-19. “Vocês sabem o que está acontecendo no mundo, mas é tabu discutir vacina”, afirmou o presidente, em uma referência indireta ao salto de casos de coronavírus em países da Europa com adesão à vacinação inferior à recomendada por especialistas.

Ainda na live, o presidente disse que vai se aposentar com salário de deputado federal, após deixar a Presidência da República. “E vou viver muito bem com salário de deputado.”

Estadão Conteúdo

Estadão Conteúdo

Tags: , , ,

Assine nossa newsletter

Receba conteúdos exclusivos direto na sua caixa de entrada.

Um minuto, por favor...

Obrigado por ter chegado até aqui. Combater a desinformação, as mentiras e os ataques às instituições custa tempo e dinheiro. Nós, da CartaCapital, temos o compromisso diário de levar até os leitores um jornalismo crítico, alicerçado em dados e fonte confiáveis. Acreditamos que este seja o melhor antídoto contra as fake news e o extremismo que ameaçam a liberdade e a democracia.

Se você acredita no nosso trabalho, junte-se a nós. Apoie, da maneira que puder. Ou assine e tenha acesso ao conteúdo integral de CartaCapital!