Bolsonaro anuncia cinco acordos entre Brasil e Qatar

Parcerias na área da saúde, turismo e defesa nacional estão na lista divulgada pelo presidente

O presidente Jair Bolsonaro (PSL) esteve no Qatar. (Foto: Valdenio Vieira/PR)

O presidente Jair Bolsonaro (PSL) esteve no Qatar. (Foto: Valdenio Vieira/PR)

Política

O presidente Jair Bolsonaro (PSL) anunciou, nesta segunda-feira 28, uma série de acordos firmados com o Qatar, um dos países que ele visitou em sua agenda na Ásia.  A declaração ocorreu em sua conta no Twitter, após se reunir com o emir Tamim bin Hamad Al-Thani, no Palácio Real.

Foram cinco itens publicados em sua rede social. O primeiro deles trata sobre uma parceria em serviços de saúde, mas Bolsonaro não detalhou quais são as condições do tratado.

“Os países incentivarão, facilitarão e intensificarão a colaboração em áreas mutuamente acordadas, com base no interesse mútuo e de acordo com as leis e regulamentos aplicáveis em ambos os países e suas obrigações internacionais”, escreveu.

Bolsonaro também anunciou a isenção de visto para portadores de passaporte comum. Segundo o presidente, o objetivo é retirar a obrigatoriedade mútua do visto para turistas do Brasil e do Qatar, com propósitos de estimular o turismo e as viagens de negócios.

Outra parceria diz respeito aos serviços aéreos. De acordo com o presidente, os dois países concluíram um acordo para estabelecer e explorar serviços aéreos entre seus respectivos territórios.

Há ainda um tratado na área da defesa, em que Brasil e Qatar firmam uma cooperação de pesquisa e desenvolvimento, apoio logístico, medicina militar e fornecimento de produtos e serviços de defesa. O presidente também anunciou que as Forças Armadas dos dois países se reunirão para trocar conhecimentos e experiências relativos à organização e às operações do setor.

Por fim, Bolsonaro citou uma parceria entre academias diplomáticas, em que estudantes de diplomacia devem ser beneficiados com intercâmbios entre os dois países.

O presidente encerra, nesta semana, um calendário de visitas a países para tratar sobre parcerias comerciais, como Japão, China e Emirados Árabes Unidos.

Responda nossa pesquisa e nos ajude a entender o que nossos leitores esperam de CartaCapital

Um minuto, por favor...

Obrigado por ter chegado até aqui. Combater a desinformação, as mentiras e os ataques às instituições custa tempo e dinheiro. Nós, da CartaCapital, temos o compromisso diário de levar até os leitores um jornalismo crítico, alicerçado em dados e fontes confiáveis. Acreditamos que este seja o melhor antídoto contra as fake news e o extremismo que ameaçam a liberdade e a democracia.

Se você acredita no nosso trabalho, junte-se a nós. Apoie, da maneira que puder. Ou assine e tenha acesso ao conteúdo integral de CartaCapital!

Compartilhar postagem