Política

Banco usado por Paulo Maluf pagará 20 milhões de dólares em indenização

O banco alemão Deutsche Bank fechou um acordo com o Ministério Público e a prefeitura de São Paulo em troca de não ser alvo de ação judicial

O ex-prefeito Paulo Maluf
O ex-prefeito Paulo Maluf
Apoie Siga-nos no

O banco utilizado por Paulo Maluf, o Deutsche Bank, fechou um acordo com o Ministério Público e a prefeitura de São Paulo para indenizar os cofres públicos em 20 milhões de dólares (47,6 milhões de reais). Segundo a promotoria, o banco foi usado para movimentar valores desviados pelo ex-prefeito da cidade entre 1993 e 1998. A contrapartida do banco, de acordo com informações do jornal Folha de S.Paulo foi a de que não será alvo de ação judicial futuramente.

O banco utilizado por Paulo Maluf, o Deutsche Bank, fechou um acordo com o Ministério Público e a prefeitura de São Paulo para indenizar os cofres públicos em 20 milhões de dólares (47,6 milhões de reais). Segundo a promotoria, o banco foi usado para movimentar valores desviados pelo ex-prefeito da cidade entre 1993 e 1998. A contrapartida do banco foi a de que não será alvo de ação judicial futuramente.

Caso o acordo não fosse feito, o Deutsche poderia ser acusado de negligência por ter permitido que a família Maluf circulasse em contas do banco mais de 200 milhões de dólares desviados de obras públicas, segundo a Promotoria. A indenização a ser paga equivale a 10% do total movimentado por Maluf.

Ainda segundo a Folha, o acordo prevê que a indenização destinada à prefeitura seja usada em parques – dentre eles a criação do Parque Augusta – creches ou outros equipamentos públicos. O acordo ainda precisa ser aprovado pelo Conselho Superior do Ministério Público e pela Justiça paulista.

Em nota, o ex-prefeito Paulo Maluf afirmou que “não é réu e nem está citado no processo mencionado pelo Ministério Público” e diz que “não tem e nunca teve conta em banco do exterior”.

CartaCapital
Há 27 anos, a principal referência em jornalismo progressista no Brasil.

Tags: ,

Jornalismo crítico e inteligente. Todos os dias, no seu e-mail

Assine nossa newsletter

Assine nossa newsletter e receba um boletim matinal exclusivo

Um minuto, por favor...

Apoiar o bom jornalismo nunca foi tão importante

Obrigado por ter chegado até aqui. Nós, da CartaCapital, temos o compromisso diário de levar até os leitores um jornalismo crítico, que chama as coisas pelo nome. E sempre alicerçado em dados e fontes confiáveis. Acreditamos que este seja o melhor antídoto contra as fake news e o extremismo que ameaçam a liberdade e a democracia.

Se este combate também é importante para você, junte-se a nós! Contribua, com o quanto que puder. Ou assine e tenha acesso ao conteúdo completo de CartaCapital.

Jornalismo crítico e inteligente. Todos os dias, no seu e-mail

Assine nossa newsletter

Assine nossa newsletter e receba um boletim matinal exclusivo

Um minuto, por favor...

Apoiar o bom jornalismo nunca foi tão importante

Obrigado por ter chegado até aqui. Nós, da CartaCapital, temos o compromisso diário de levar até os leitores um jornalismo crítico, que chama as coisas pelo nome. E sempre alicerçado em dados e fontes confiáveis. Acreditamos que este seja o melhor antídoto contra as fake news e o extremismo que ameaçam a liberdade e a democracia.

Se este combate também é importante para você, junte-se a nós! Contribua, com o quanto que puder. Ou assine e tenha acesso ao conteúdo completo de CartaCapital.