Política

Após pesquisa, presidentes de PSDB, MDB e Cidadania concluem que Tebet é mais viável e trabalham para tirar Doria da disputa

Decisão sobre Tebet ainda precisa ser referendada pela Executiva dos três partidos que vão se reunir na próxima terça-feira

João Doria e Simone Tebet. Fotos: Divulgação/Governo de SP e Pedro França/Agência Senado
João Doria e Simone Tebet. Fotos: Divulgação/Governo de SP e Pedro França/Agência Senado
Apoie Siga-nos no

Em reunião a portas fechadas, os presidentes do PSDB, MDB e Cidadania chegaram à conclusão nesta quarta-feira 18 que a senadora Simone Tebet (MDB-MS) é mais viável eleitoralmente do que o ex-governador de São Paulo João Doria (PSDB). Os três dirigentes – Bruno Araújo (PSDB), Baleia Rossi (MDB) e Roberto Freire (Cidadania) – analisaram os dados de uma pesquisa encomendada pelas três siglas e combinaram de levar o nome dela para ser referendado pela Executiva dos três partidos na próxima terça-feira.

Nesta quarta, o professor Paulo Guimarães, do instituto que leva o seu nome, apresentou os resultados de uma pesquisa contratada pelos três partidos para saber quem seria o candidato mais viável para disputar o Planalto neste ano – Tebet ou Doria.

Segundo políticos que participaram da reunião e não quiseram se identificar, a pesquisa apontou a senadora como a favorita por ter uma rejeição menor do que Doria e ter mais potencial de crescimento.

O levantamento também verificou que a senadora é vista como alguém mais pacificador e menos agressivo, o que lhe daria mais condições de romper a polarização entre o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) e o presidente Jair Bolsonaro (PL), que lideram as pesquisas eleitorais até agora.

Agência O Globo

Agência O Globo
Agência de notícias e de fotojornalismo do Grupo Globo.

Tags: , , , ,

Jornalismo crítico e inteligente. Todos os dias, no seu e-mail

Assine nossa newsletter

Assine nossa newsletter e receba um boletim matinal exclusivo

Um minuto, por favor...

Apoiar o bom jornalismo nunca foi tão importante

Obrigado por ter chegado até aqui. Nós, da CartaCapital, temos o compromisso diário de levar até os leitores um jornalismo crítico, que chama as coisas pelo nome. E sempre alicerçado em dados e fontes confiáveis. Acreditamos que este seja o melhor antídoto contra as fake news e o extremismo que ameaçam a liberdade e a democracia.

Se este combate também é importante para você, junte-se a nós! Contribua, com o quanto que puder. Ou assine e tenha acesso ao conteúdo completo de CartaCapital.

Leia também

Jornalismo crítico e inteligente. Todos os dias, no seu e-mail

Assine nossa newsletter

Assine nossa newsletter e receba um boletim matinal exclusivo

Um minuto, por favor...

Apoiar o bom jornalismo nunca foi tão importante

Obrigado por ter chegado até aqui. Nós, da CartaCapital, temos o compromisso diário de levar até os leitores um jornalismo crítico, que chama as coisas pelo nome. E sempre alicerçado em dados e fontes confiáveis. Acreditamos que este seja o melhor antídoto contra as fake news e o extremismo que ameaçam a liberdade e a democracia.

Se este combate também é importante para você, junte-se a nós! Contribua, com o quanto que puder. Ou assine e tenha acesso ao conteúdo completo de CartaCapital.