…

Apoiador de Bolsonaro ameaçou com arma colaboradora, diz Boulos

Política

Guilherme Boulos, candidato à Presidência pelo PSOL, e sua vice, Sônia Guajajara, denunciaram uma ameaça com arma de fogo contra uma colaboradora de sua campanha. Segundo a nota oficial da campanha do PSOL, uma integrante da equipe teria sido alvo de um apoiador de Jair Bolsonaro, candidato à Presidência pelo PSL. 

Leia também:
Lojas Americanas vendem camisetas pró-Bolsonaro e anti-Lula
Ao Jornal Nacional, Bolsonaro inventa ‘9º seminário LGBT infantil’

Segundo a campanha de Boulos e Sônia, a colaboradora, cujo nome o partido prefere não revelar, estava em frente a um comitê na rua Cardeal Arco Verde, em São Paulo, quando o motorista de um veículo Chevrolet Preto apontou contra ela uma arma de fogo, “proferindo gritos em defesa do candidato Jair Bolsonaro e contra as candidaturas de Boulos e Sônia”. 

O fato, diz a campanha, já foi registrado junto à 14ª Delegacia de Polícia, em São Paulo. “ Exigimos apuração imediata por parte das autoridades competentes e responsabilização dos envolvidos neste grave ato”, diz a nota. 

“A violência, o medo e a intolerância não podem ter espaço na democracia”, afirmam os candidatos. “O discurso de ódio de Jair Bolsonaro estimula atos dessa natureza, sejam eles premeditados ou não. Nossa campanha não será intimidada por agressões, ameaças ou violência. Seguiremos firmes lutando por democracia, direitos e liberdade. A violência não prosperará.”

Um minuto, por favor...

Obrigado por ter chegado até aqui. Combater a desinformação, as mentiras e os ataques às instituições custa tempo e dinheiro. Nós, da CartaCapital, temos o compromisso diário de levar até os leitores um jornalismo crítico, alicerçado em dados e fontes confiáveis. Acreditamos que este seja o melhor antídoto contra as fake news e o extremismo que ameaçam a liberdade e a democracia.

Se você acredita no nosso trabalho, junte-se a nós. Apoie, da maneira que puder. Ou assine e tenha acesso ao conteúdo integral de CartaCapital!

Compartilhar postagem