Política

Apenas 12% dos eleitores não votariam em Lula ou Bolsonaro

Levantamento do PoderData mostra que uma terceira via está longe de conseguir força para o segundo de 2022

Por enquanto, é Lula contra Bolsonaro
Por enquanto, é Lula contra Bolsonaro

A polarização entre o presidente Jair Bolsonaro e Lula deve acontecer nas eleições de 2022. É o que indica a pesquisa PoderData, do site Poder 360, divulgada nesta terça-feira 23.

De acordo com o levantamento, se o 1º turno da eleição presidencial fosse hoje, Lula teria 34% contra 30% de Bolsonaro. Quando se cruza a intenção de voto com a rejeição, descobre-se que apenas 12% dos eleitores (17,7 milhões de brasileiros) não querem votar nem no petista nem no atual presidente.

Pela pesquisa, os 12% que rejeitam Lula e Bolsonaro votariam da seguinte forma: 17% em Sergio Moro (sem partido); João Amoêdo (Novo) e Luciano Huck (sem partido) teriam 10% cada. João Doria (PSDB) atrairia 9%.

A pesquisa ouviu  3.500 pessoas em 545 municípios, nas 27 unidades da Federação. A margem de erro é de 1,8 ponto percentual.

Assine nossa newsletter

Receba conteúdos exclusivos direto na sua caixa de entrada.

Um minuto, por favor...

Obrigado por ter chegado até aqui. Combater a desinformação, as mentiras e os ataques às instituições custa tempo e dinheiro. Nós, da CartaCapital, temos o compromisso diário de levar até os leitores um jornalismo crítico, alicerçado em dados e fonte confiáveis. Acreditamos que este seja o melhor antídoto contra as fake news e o extremismo que ameaçam a liberdade e a democracia.

Se você acredita no nosso trabalho, junte-se a nós. Apoie, da maneira que puder. Ou assine e tenha acesso ao conteúdo integral de CartaCapital!