Política

‘Demitido’ ontem por Araújo, presidente da Apex deu expediente normal

Anunciado ontem como a primeira baixa nas nomeações do governo, Alecxandro Carreiro diz que só deixa o cargo sob ordens de Bolsonaro

Apoie Siga-nos no

Crise à vista no alto escalão do governo. Anunciado ontem por Ernesto Araújo como a primeira baixa nas diretorias nomeadas por Bolsonaro, o presidente da Apex (Agência de Promoção de Exportações e Investimentos) Alecxandro Carreiro continua trabalhando normalmente.

O recado é que ele só deixa o cargo sob ordens expressas do presidente eleito, com exoneração publicada no Diário Oficial.

Carreiro foi escolhido pessoalmente por Jair Bolsonaro e tomou posse no dia 3. Ex-assessor do PSL e apoiador de primeira hora do presidente em Brasília, o publicitário tem passagens pelo Sebrae cumpriria um mandato de quatro anos à frente da agência, considerada estratégica para as relações exteriores.

Nos bastidores da agência, Carreiro era criticado por não ter vivência em comércio exterior. Também patinava no inglês – fluência no idioma era requisito número 1 para ocupar a vaga.

Em nota, a Apex confirmou que ele despachou e fez reuniões normalmente nesta quinta (10).

Diz o texto:

“O presidente Alex Carreiro, nomeado para o cargo pelo presidente da República, Jair Bolsonaro, cumpriu expediente normal na agência nesta quinta-feira (10/01), tendo efetuado despachos internos e recebido para audiências autoridades de Estado.”

A saída foi anunciada por Ernesto Araújo no Twitter. Segundo informou o chanceler, Carreiro teria pedido para deixar o cargo. No mesmo texto, ele informa ainda que indicou o embaixador Mario Vilalva para substituí-lo.

Diplomata de carreira, Vilalva foi chanceler no Chile por quatro anos. Em 2010, foi nomeado para a Embaixada do Brasil em Lisboa.

Leia também: Em nove dias, governo Bolsonaro voltou atrás pelo menos sete vezes

[ATUALIZAÇÃO] À noite, Jair Bolsonaro publicou no Twitter uma foto ao lado de Araújo e Mario Vilalva, sinalizando a queda definitiva do antigo presidente. Ainda não foi publicada a exoneração no Diário Oficial.

Thais Reis Oliveira

Thais Reis Oliveira
Editora-executiva do site de CartaCapital

Tags: ,

Jornalismo crítico e inteligente. Todos os dias, no seu e-mail

Assine nossa newsletter

Assine nossa newsletter e receba um boletim matinal exclusivo

Um minuto, por favor...

Apoiar o bom jornalismo nunca foi tão importante

Obrigado por ter chegado até aqui. Nós, da CartaCapital, temos o compromisso diário de levar até os leitores um jornalismo crítico, que chama as coisas pelo nome. E sempre alicerçado em dados e fontes confiáveis. Acreditamos que este seja o melhor antídoto contra as fake news e o extremismo que ameaçam a liberdade e a democracia.

Se este combate também é importante para você, junte-se a nós! Contribua, com o quanto que puder. Ou assine e tenha acesso ao conteúdo completo de CartaCapital.

Jornalismo crítico e inteligente. Todos os dias, no seu e-mail

Assine nossa newsletter

Assine nossa newsletter e receba um boletim matinal exclusivo

Um minuto, por favor...

Apoiar o bom jornalismo nunca foi tão importante

Obrigado por ter chegado até aqui. Nós, da CartaCapital, temos o compromisso diário de levar até os leitores um jornalismo crítico, que chama as coisas pelo nome. E sempre alicerçado em dados e fontes confiáveis. Acreditamos que este seja o melhor antídoto contra as fake news e o extremismo que ameaçam a liberdade e a democracia.

Se este combate também é importante para você, junte-se a nós! Contribua, com o quanto que puder. Ou assine e tenha acesso ao conteúdo completo de CartaCapital.