Política

8 de Janeiro: prédio do Congresso tem projeção de bandeira do Brasil e frase em defesa da democracia

Ação acontece um ano após ataques aos prédios dos Três Poderes, em Brasília

Foto: Rubens Gallerani Filho/Audiovisual/PR
Apoie Siga-nos no

O Congresso Nacional exibiu, na noite deste domingo 7, uma projeção nas paredes do prédio em defesa à democracia. As imagens fazem uma alusão aos ataques do 8 de Janeiro de 2023, que completam um ano nesta segunda-feira.

A primeira imagem exibe uma bandeira do Brasil e sem frases. A segunda projeção traz a frase “Democracia nos Une”. Segundo o governo federal, as fotos fazem parte da ação que visa “reforçar os valores da democracia e da institucionalidade” no País.

Foto: Rubens Gallerani Filho/Audiovisual/PR

A intervenção iniciou às 21h30 e marcou um ano dos ataques às sedes dos Três Poderes, em Brasília. Neste segunda-feira 8, o Congresso e o Supremo Tribunal Federal programaram eventos para relembrar a data.

Intitulado Democracia Inabalada, o ato terá a presença, entre outros, do presidente Lula (PT) e dos presidentes do Senado, Rodrigo Pacheco (PSD-MG); da Câmara dos Deputados, Arthur Lira (PP-AL); e do Supremo Tribunal Federal, Luis Roberto Barroso.

A expectativa é de que o evento contará com cerca de 500 convidados. Também marcarão presença Rosa Weber, que presidia o STF à época dos ataques bolsonaristas; o vice-presidente Geraldo Alckmin (PSB); e o procurador-geral da República, Paulo Gonet, além de governadores e ministros de Estado.

Após discursos, as autoridades irão até a entrada do Salão Nobre do Senado, para a reintegração simbólica ao patrimônio público de uma tapeçaria de Burle Marx e de uma réplica da Constituição Federal de 1988, itens que foram alvos dos golpistas naquele 8 de Janeiro.

ENTENDA MAIS SOBRE: , , , ,

Jornalismo crítico e inteligente. Todos os dias, no seu e-mail

Assine nossa newsletter

Assine nossa newsletter e receba um boletim matinal exclusivo

Apoie o jornalismo que chama as coisas pelo nome

Os Brasis divididos pelo bolsonarismo vivem, pensam e se informam em universos paralelos. A vitória de Lula nos dá, finalmente, perspectivas de retomada da vida em um país minimamente normal. Essa reconstrução, porém, será difícil e demorada. E seu apoio, leitor, é ainda mais fundamental.

Portanto, se você é daqueles brasileiros que ainda valorizam e acreditam no bom jornalismo, ajude CartaCapital a seguir lutando. Contribua com o quanto puder.

Quero apoiar

Leia também

Jornalismo crítico e inteligente. Todos os dias, no seu e-mail

Assine nossa newsletter

Assine nossa newsletter e receba um boletim matinal exclusivo