Afonsinho

Médico e ex-jogador de futebol brasileiro

Opinião

assine e leia

Um raro fair-play

A atitude de Moisés, do Fortaleza, que interrompeu o lance quando o zagueiro pediu substituição, é um raio de esperança

Fernando Diniz, técnico do Fluminense. Foto: Jose ALMEIDA / AFP
Fernando Diniz, técnico do Fluminense. Foto: Jose ALMEIDA / AFP
Apoie Siga-nos no

O gesto de fair-play no jogo entre Fortaleza e Fluminense, no domingo 22, pelo Campeonato Brasileiro, caiu como um raio na transmissão televisiva e nos comentários da mídia esportiva. O que deveria ser uma manifestação normal precisou ser explicado em detalhes para ser louvado como mereceu. Reflexo da tensão dos dias atuais.

Aos dois minutos do segundo tempo, o atacante Moisés, do Fortaleza, puxou o contra-ataque no exato momento em que o zagueiro Nino, do Fluminense, pediu substituição. O atacante do tricolor cearense teria toda liberdade para avançar pela lateral, mas teve fair-play e não partiu em direção ao gol.

Este texto não representa, necessariamente, a opinião de CartaCapital.

Afonsinho

Afonsinho
Médico e ex-jogador de futebol brasileiro

Tags: , , ,

Jornalismo crítico e inteligente. Todos os dias, no seu e-mail

Assine nossa newsletter

Assine nossa newsletter e receba um boletim matinal exclusivo

Um minuto, por favor...

Apoiar o bom jornalismo nunca foi tão importante

Obrigado por ter chegado até aqui. Nós, da CartaCapital, temos o compromisso diário de levar até os leitores um jornalismo crítico, que chama as coisas pelo nome. E sempre alicerçado em dados e fontes confiáveis. Acreditamos que este seja o melhor antídoto contra as fake news e o extremismo que ameaçam a liberdade e a democracia.

Se este combate também é importante para você, junte-se a nós! Contribua, com o quanto que puder. Ou assine e tenha acesso ao conteúdo completo de CartaCapital.

Jornalismo crítico e inteligente. Todos os dias, no seu e-mail

Assine nossa newsletter

Assine nossa newsletter e receba um boletim matinal exclusivo

Um minuto, por favor...

Apoiar o bom jornalismo nunca foi tão importante

Obrigado por ter chegado até aqui. Nós, da CartaCapital, temos o compromisso diário de levar até os leitores um jornalismo crítico, que chama as coisas pelo nome. E sempre alicerçado em dados e fontes confiáveis. Acreditamos que este seja o melhor antídoto contra as fake news e o extremismo que ameaçam a liberdade e a democracia.

Se este combate também é importante para você, junte-se a nós! Contribua, com o quanto que puder. Ou assine e tenha acesso ao conteúdo completo de CartaCapital.