Flávio Dino

Advogado e professor da UFMA. Foi governador do Maranhão, juiz federal e deputado federal.

Opinião

assine e leia

O Brasil real é Ariano

O escritor paraibano é fonte de resistência e inspiração, a antítese de Bolsonaro. Suas armas eram “o riso a cavalo e o galope do sonho”

Foto: Valter Campanato/Agência Brasil
Foto: Valter Campanato/Agência Brasil
Apoie Siga-nos no

Na semana que passou, o Partido Socialista Brasileiro realizou em Paraty, litoral do Rio de Janeiro, o primeiro de uma série de eventos anuais em razão da comemoração dos 100 anos de Ariano Suassuna,­ este grande e célebre escritor brasileiro que foi um dos fundadores da nossa agremiação socialista, e encerrou sua participação na política brasileira como seu presidente de honra. Ariano tinha uma paixão: o povo brasileiro. Dedicou sua vida inteira a ser voz da luta por uma sociedade mais justa, igualitária, orgulhosa do Brasil e dos brasileiros.

Paraibano, boa parte de sua vivência se deu no sertão nordestino, que ele costumava chamar de Brasil ­Real. Mais tarde, em revisão às suas próprias teses, percebeu que o termo Brasil Real era extensivo às comunidades pobres presentes também nos grandes centros urbanos. Para Ariano, o Brasil era um constante embate entre o Brasil Real e o Brasil Oficial. Com humor e elementos da cultura popular nordestina, ele tecia obras com críticas sociais incisivas, extremamente identificadas com as doutrinas socialistas cristãs. “A meu ver, enquanto houver um miserável, um homem com fome, o sonho socialista continua”, disse uma vez.

Este texto não representa, necessariamente, a opinião de CartaCapital.

Flávio Dino

Flávio Dino
Advogado e professor da UFMA. Foi governador do Maranhão, juiz federal e deputado federal.

Tags: , , , ,

Jornalismo crítico e inteligente. Todos os dias, no seu e-mail

Assine nossa newsletter

Assine nossa newsletter e receba um boletim matinal exclusivo

Um minuto, por favor...

Apoiar o bom jornalismo nunca foi tão importante

Obrigado por ter chegado até aqui. Nós, da CartaCapital, temos o compromisso diário de levar até os leitores um jornalismo crítico, que chama as coisas pelo nome. E sempre alicerçado em dados e fontes confiáveis. Acreditamos que este seja o melhor antídoto contra as fake news e o extremismo que ameaçam a liberdade e a democracia.

Se este combate também é importante para você, junte-se a nós! Contribua, com o quanto que puder. Ou assine e tenha acesso ao conteúdo completo de CartaCapital.

Jornalismo crítico e inteligente. Todos os dias, no seu e-mail

Assine nossa newsletter

Assine nossa newsletter e receba um boletim matinal exclusivo

Um minuto, por favor...

Apoiar o bom jornalismo nunca foi tão importante

Obrigado por ter chegado até aqui. Nós, da CartaCapital, temos o compromisso diário de levar até os leitores um jornalismo crítico, que chama as coisas pelo nome. E sempre alicerçado em dados e fontes confiáveis. Acreditamos que este seja o melhor antídoto contra as fake news e o extremismo que ameaçam a liberdade e a democracia.

Se este combate também é importante para você, junte-se a nós! Contribua, com o quanto que puder. Ou assine e tenha acesso ao conteúdo completo de CartaCapital.