Impeachment de Bolsonaro é a única saída para o Brasil

A ficha corrida do pior presidente da História do Brasil fornece elementos consistentes para que se abra o processo de impedimento

Foto: EVARISTO SA / AFP

Foto: EVARISTO SA / AFP

Frente Ampla

Desde a posse de Jair Bolsonaro, o Brasil vive um pesadelo que precisa terminar de uma vez por todas, e só há um caminho constitucional e necessário para isso acontecer: o impeachment. Vivemos sob um desgoverno que conduz nosso país ao caos. A cada dia mais e mais brasileiros são jogados à miséria absoluta, ao desemprego, aos efeitos dramáticos da inflação e da carestia. Nossa economia despenca, empresas fecham, capitais fogem do clima de instabilidade criado por Bolsonaro. O Brasil não dialoga mais com Nação nenhuma. Tornou-se uma preocupação mundial, um escândalo internacional.

O que faz o mandatário que deveria liderar um processo de reconstrução nacional? Diante da pandemia, todo o seu esforço foi no sentido de acabar com a credibilidade da vacina, o que não é apenas um crime de responsabilidade, mas se trata de um crime contra a Humanidade. Quase 600 mil vidas perdidas, muitas delas poderiam ser salvas se ele agisse com o mínimo de responsabilidade.

 

 

No cotidiano da administração, esqueceu os problemas nacionais, não se preocupa com eles, e concentrou-se nos ataques à democracia, através de notícias falsas, mentiras para iludir o povo construídas em cima de teorias conspiratórias artificiais, como a obsessão pelo voto impresso. Apropria-se dos símbolos nacionais para alimentar o seu projeto de poder. Afronta e ofende os poderes constituídos, ameaça não cumprir leis e açula seus seguidores, cada vez mais fanáticos e violentos, a fazerem o mesmo. Confunde o país e seus próprios apoiadores com seus avanços e recuos. Ofende o Supremo e no dia seguinte diz que não foi bem isso. Mantém a Nação permanentemente sobressaltada com a chantagem contida em suas bravatas autoritárias.

Para que o Brasil volte a respirar democracia, para que o combate final à pandemia seja realizado de forma a preservar vidas, para que a economia possa funcionar em clima de tranquilidade, para que o brasileiro viva sem sobressaltos e pesadelos diários, para que o país retome sua rotina em um clima de paz, o impeachment de Bolsonaro se impõe. Motivos não faltam. Bolsonaro comete crimes de responsabilidade em série. A ficha corrida do pior presidente da História do Brasil fornece elementos consistentes para que se abra o processo de impedimento.

É urgente estancar a sanha autoritária. A responsabilidade é de todos, os que combatem Bolsonaro e os que ao longo deste período trágico perceberam sua verdadeira face. Trata-se de uma jornada cívica na qual todos os que tenham apreço pelo país devem ser chamados, antes que o bolsonarismo contamine de vez nosso futuro enquanto Nação. A única saída para o Brasil é o impeachment de Bolsonaro, antes que seja tarde.

Este texto não reflete necessariamente a opinião de CartaCapital.

Junte-se ao grupo de CartaCapital no Telegram

Um minuto, por favor...

Obrigado por ter chegado até aqui. Combater a desinformação, as mentiras e os ataques às instituições custa tempo e dinheiro. Nós, da CartaCapital, temos o compromisso diário de levar até os leitores um jornalismo crítico, alicerçado em dados e fontes confiáveis. Acreditamos que este seja o melhor antídoto contra as fake news e o extremismo que ameaçam a liberdade e a democracia.

Se você acredita no nosso trabalho, junte-se a nós. Apoie, da maneira que puder. Ou assine e tenha acesso ao conteúdo integral de CartaCapital!

É deputado federal pelo PT do Rio Grande do Sul

Compartilhar postagem