Mundo

Talebans matam sequestradores vinculados ao Estado Islâmico

Os homens foram mortos durante o tiroteio com as forças de segurança

Tropas talebans rondam Cabul

Aamir QURESHI / AFP
Tropas talebans rondam Cabul Aamir QURESHI / AFP

Os talebans anunciaram neste domingo 24 que mataram três membros do grupo Estado Islâmico (EI) acusados de “sequestros”, após três horas de confrontos na cidade de Herat, oeste do Afeganistão.

“Três responsáveis por graves sequestros na província de Herat, estavam escondidos no bairro de Pul-e-Dozan em Herat”, afirmou o porta-voz do ministério do Interior, Qari Sayed Khosti.

“As forças especiais os cercaram e aconteceu uma troca de tiros. Os homens foram mortos durante o tiroteio com as forças de segurança”, completou.

A polícia local afirmou que os “sequestradores” pertenciam ao EI, o grupo extremista mais radical presente atualmente no Afeganistão.

Assine nossa newsletter

Receba conteúdos exclusivos direto na sua caixa de entrada.

Um minuto, por favor...

Obrigado por ter chegado até aqui. Combater a desinformação, as mentiras e os ataques às instituições custa tempo e dinheiro. Nós, da CartaCapital, temos o compromisso diário de levar até os leitores um jornalismo crítico, alicerçado em dados e fonte confiáveis. Acreditamos que este seja o melhor antídoto contra as fake news e o extremismo que ameaçam a liberdade e a democracia.

Se você acredita no nosso trabalho, junte-se a nós. Apoie, da maneira que puder. Ou assine e tenha acesso ao conteúdo integral de CartaCapital!