Mundo

assine e leia

Sem trégua

No retorno para casa, moradores de um bairro de Kharkiv se deparam com a cidade em ruínas e são surpreendidos por nova ofensiva russa

Dificuldades. Carregar alimentos e galões de água no braço tornou-se rotina para a maioria dos residentes - Imagem: Aris Messinis/AFP e Sergey Bobok/AFP
Dificuldades. Carregar alimentos e galões de água no braço tornou-se rotina para a maioria dos residentes - Imagem: Aris Messinis/AFP e Sergey Bobok/AFP
Apoie Siga-nos no

Tatyana Marchenko, de 63 anos, quando voltou para sua casa em Kharkiv no início deste mês, entrou num mundo de destruição. Roupas e brinquedos de crianças estavam espalhados pelos caminhos entre os prédios incendiados, muitos dos quais tinham buracos enormes por onde as bombas entraram. “Vivi no mesmo bairro, Saltivka, minha vida inteira. E agora acabou, é um show de horrores.”

Saltivka – um conjunto habitacional da classe trabalhadora da era soviética, inicialmente destinado aos operários da cidade e suas famílias – abrigava cerca de 600 mil habitantes antes da guerra, o que o tornava um dos maiores bairros da Europa. Embora reconhecidamente superlotado, era cheio de energia, lembrou Marchenko. Mas desde o início da invasão pela Rússia, há quatro meses, a região tem sofrido o impacto do bombardeio implacável de Moscou contra a segunda cidade da Ucrânia. Agora, o bairro parece uma ­cidade fantasma.

Pjotr Sauer

Tags: , ,

Jornalismo crítico e inteligente. Todos os dias, no seu e-mail

Assine nossa newsletter

Assine nossa newsletter e receba um boletim matinal exclusivo

Um minuto, por favor...

Apoiar o bom jornalismo nunca foi tão importante

Obrigado por ter chegado até aqui. Nós, da CartaCapital, temos o compromisso diário de levar até os leitores um jornalismo crítico, que chama as coisas pelo nome. E sempre alicerçado em dados e fontes confiáveis. Acreditamos que este seja o melhor antídoto contra as fake news e o extremismo que ameaçam a liberdade e a democracia.

Se este combate também é importante para você, junte-se a nós! Contribua, com o quanto que puder. Ou assine e tenha acesso ao conteúdo completo de CartaCapital.

Jornalismo crítico e inteligente. Todos os dias, no seu e-mail

Assine nossa newsletter

Assine nossa newsletter e receba um boletim matinal exclusivo

Um minuto, por favor...

Apoiar o bom jornalismo nunca foi tão importante

Obrigado por ter chegado até aqui. Nós, da CartaCapital, temos o compromisso diário de levar até os leitores um jornalismo crítico, que chama as coisas pelo nome. E sempre alicerçado em dados e fontes confiáveis. Acreditamos que este seja o melhor antídoto contra as fake news e o extremismo que ameaçam a liberdade e a democracia.

Se este combate também é importante para você, junte-se a nós! Contribua, com o quanto que puder. Ou assine e tenha acesso ao conteúdo completo de CartaCapital.