Mundo

Presidente eleito na Bolívia, Luis Arce, sofre atentado a dinamite

Segundo porta-voz do MAS, ninguém ficou ferido. Não há informações sobre suspeitos

Presidente eleito da Bolívia sofre atentado a dinamite. Foto: AIZAR RALDES / AFP
Presidente eleito da Bolívia sofre atentado a dinamite. Foto: AIZAR RALDES / AFP
Apoie Siga-nos no

O presidente eleito da Bolívia, Luis Arce, sofreu um atentado a dinamite nesta sexta-feira 6,  informou porta-voz do Movimento ao Socialismo (MAS), Sebastián Michel. Segundo ele, Arce estava na casa que funciona como centro de campanha em La Paz quando uma banana de dinamite foi arremessada na porta do imóvel.

“Há poucos minutos fomos vítimas de um ataque de um grupo que deixou uma banana de dinamite na casa de campanha onde nosso próprio presidente eleito, Luis Arce, se reunia. Estamos muito preocupados com o que está acontecendo”, disse o representante do partido em entrevista à Televisión Universitaria e Red Uno.

De acordo com o porta-voz, ninguém ficou ferido. Não há informações sobre suspeitos.

Arce, que venceu no primeiro turno e tirou a direita do poder, tem a posse marcada para este domingo.  Na quinta-feira 5, líderes da próspera região boliviana de Santa Cruz (Leste), reduto da direita, iniciaram uma greve de dois dias contra ele.

“Não vimos nenhuma declaração a respeito do ministro de Governo Arturo Murillo, por isso nos sentimos entregues à própria sorte, totalmente desprotegidos. Ninguém nos dá a garantia necessária para a segurança de nossa autoridade”, afirmou Sebastián.

CartaCapital

CartaCapital Há 27 anos, a principal referência em jornalismo progressista no Brasil.

Tags: , ,

Jornalismo crítico e inteligente. Todos os dias, no seu e-mail

Assine nossa newsletter

Assine nossa newsletter e receba um boletim matinal exclusivo

Um minuto, por favor...

Apoiar o bom jornalismo nunca foi tão importante

Obrigado por ter chegado até aqui. Nós, da CartaCapital, temos o compromisso diário de levar até os leitores um jornalismo crítico, que chama as coisas pelo nome. E sempre alicerçado em dados e fontes confiáveis. Acreditamos que este seja o melhor antídoto contra as fake news e o extremismo que ameaçam a liberdade e a democracia.

Se este combate também é importante para você, junte-se a nós! Contribua, com o quanto que puder. Ou assine e tenha acesso ao conteúdo completo de CartaCapital.

Leia também

Jornalismo crítico e inteligente. Todos os dias, no seu e-mail

Assine nossa newsletter

Assine nossa newsletter e receba um boletim matinal exclusivo

Um minuto, por favor...

Apoiar o bom jornalismo nunca foi tão importante

Obrigado por ter chegado até aqui. Nós, da CartaCapital, temos o compromisso diário de levar até os leitores um jornalismo crítico, que chama as coisas pelo nome. E sempre alicerçado em dados e fontes confiáveis. Acreditamos que este seja o melhor antídoto contra as fake news e o extremismo que ameaçam a liberdade e a democracia.

Se este combate também é importante para você, junte-se a nós! Contribua, com o quanto que puder. Ou assine e tenha acesso ao conteúdo completo de CartaCapital.