Mundo

Por telefone, Papa Francisco parabeniza Joe Biden

Democrata destacou apreço pelo papel do pontífice ‘na promoção da paz em todo o mundo’

Fotos: AFP
Fotos: AFP
Apoie Siga-nos no

O Papa Francisco conversou com Joe Biden por telefone nesta quinta-feira 12 e desejou “bênçãos e parabéns” ao presidente eleito dos Estados Unidos por sua vitória, informou em nota a equipe de transição democrata.

O ex-vice-presidente, de 77 anos, é o segundo católico eleito para a Presidência dos Estados Unidos depois de John F. Kennedy, em 1960.

“O presidente eleito agradeceu à Sua Santidade por suas bênçãos e parabéns e destacou seu apreço pela liderança de Sua Santidade na promoção da paz, reconciliação e dos laços comuns da humanidade em todo o mundo”, de acordo com um informativo sobre a ligação divulgado pelo escritório de Biden.

Biden “expressou o desejo de trabalharem juntos com base na crença compartilhada na dignidade e na igualdade de toda a humanidade em questões como a atenção aos marginalizados e pobres, a gestão da crise climática, e a recepção e integração de imigrantes e refugiados nas nossas comunidades”.

Este ano, durante a tensa campanha contra o presidente Donald Trump, Biden citou o papa João Paulo II, invocou com frequência suas raízes católicas irlandesas e prometeu “restaurar a alma dos Estados Unidos”, após quatro anos de profundas divisões.

O presidente eleito costuma levar consigo um terço que pertenceu ao seu falecido filho, Beau Biden.

O próprio papa Francisco teve relações tensas com Trump. No começo de 2019, ele chamou o projeto de Trump de erguer um muro na fronteira com o México de “loucura”.

Em fevereiro de 2016, quando Trump tentava obter a indicação do Partido Republicano para a Casa Branca, o papa disse durante uma visita ao México que alguém que pensa em construir muros no lugar de pontes “não é cristão”.

Trump respondeu com uma declaração ríspida na ocasião, afirmando: “é uma vergonha um líder religioso questionar a fé de uma pessoa”.

Em 2015, o papa se reuniu com o então vice-presidente americano em Washington, quando discursou no Capitólio em sessão conjunta no Congresso.

AFP

AFP
Agência de notícias francesa, uma das maiores do mundo. Fundada em 1835, como Agência Havas.

Tags: , , ,

Jornalismo crítico e inteligente. Todos os dias, no seu e-mail

Assine nossa newsletter

Assine nossa newsletter e receba um boletim matinal exclusivo

Um minuto, por favor...

Apoiar o bom jornalismo nunca foi tão importante

Obrigado por ter chegado até aqui. Nós, da CartaCapital, temos o compromisso diário de levar até os leitores um jornalismo crítico, que chama as coisas pelo nome. E sempre alicerçado em dados e fontes confiáveis. Acreditamos que este seja o melhor antídoto contra as fake news e o extremismo que ameaçam a liberdade e a democracia.

Se este combate também é importante para você, junte-se a nós! Contribua, com o quanto que puder. Ou assine e tenha acesso ao conteúdo completo de CartaCapital.

Leia também

Jornalismo crítico e inteligente. Todos os dias, no seu e-mail

Assine nossa newsletter

Assine nossa newsletter e receba um boletim matinal exclusivo

Um minuto, por favor...

Apoiar o bom jornalismo nunca foi tão importante

Obrigado por ter chegado até aqui. Nós, da CartaCapital, temos o compromisso diário de levar até os leitores um jornalismo crítico, que chama as coisas pelo nome. E sempre alicerçado em dados e fontes confiáveis. Acreditamos que este seja o melhor antídoto contra as fake news e o extremismo que ameaçam a liberdade e a democracia.

Se este combate também é importante para você, junte-se a nós! Contribua, com o quanto que puder. Ou assine e tenha acesso ao conteúdo completo de CartaCapital.