Mundo

Pelosi conversa com chefe militar sobre formas de evitar que Trump use códigos nucleares

Objetivo da reunião era impedir que ‘um presidente instável inicie hostilidades militares’, segundo a democrata

Foto: Nicholas Kamm/AFP 'Nesta manhã está claro que a chapa Biden-Harris vai ganhar a Casa Branca', afirmou Pelosi sobre Biden e sua companheira de chapa, Kamala Harris. Foto: Nicholas Kamm/AFP
Foto: Nicholas Kamm/AFP 'Nesta manhã está claro que a chapa Biden-Harris vai ganhar a Casa Branca', afirmou Pelosi sobre Biden e sua companheira de chapa, Kamala Harris. Foto: Nicholas Kamm/AFP
Apoie Siga-nos no

A chefe da Câmara de Representantes dos Estados Unidos, Nancy Pelosi, afirmou nesta sexta-feira 8 que conversou com um chefe militar para garantir que o presidente Donald Trump não use códigos nucleares. A democrata também advertiu que o Congresso agirá se o presidente não renunciar voluntariamente.

“Esta manhã falei com o presidente do Estado-Maior Conjunto, Mark Milley, para discutir as precauções disponíveis para evitar que um presidente instável inicie hostilidades militares ou acesse códigos de lançamento e ordene um ataque nuclear”, afirmou a líder dos democratas no Congresso.

“A situação com este presidente desequilibrado não poderia ser mais perigosa”, continuou ela, prometendo que o Congresso tomará “medidas” se Trump “não deixar o cargo iminente e voluntariamente”.

O presidente deve entregar o poder a Joe Biden em 20 de janeiro.

AFP

AFP
Agência de notícias francesa, uma das maiores do mundo. Fundada em 1835, como Agência Havas.

Jornalismo crítico e inteligente. Todos os dias, no seu e-mail

Assine nossa newsletter

Assine nossa newsletter e receba um boletim matinal exclusivo

Um minuto, por favor...

Apoiar o bom jornalismo nunca foi tão importante

Obrigado por ter chegado até aqui. Nós, da CartaCapital, temos o compromisso diário de levar até os leitores um jornalismo crítico, que chama as coisas pelo nome. E sempre alicerçado em dados e fontes confiáveis. Acreditamos que este seja o melhor antídoto contra as fake news e o extremismo que ameaçam a liberdade e a democracia.

Se este combate também é importante para você, junte-se a nós! Contribua, com o quanto que puder. Ou assine e tenha acesso ao conteúdo completo de CartaCapital.

Leia também

Jornalismo crítico e inteligente. Todos os dias, no seu e-mail

Assine nossa newsletter

Assine nossa newsletter e receba um boletim matinal exclusivo

Um minuto, por favor...

Apoiar o bom jornalismo nunca foi tão importante

Obrigado por ter chegado até aqui. Nós, da CartaCapital, temos o compromisso diário de levar até os leitores um jornalismo crítico, que chama as coisas pelo nome. E sempre alicerçado em dados e fontes confiáveis. Acreditamos que este seja o melhor antídoto contra as fake news e o extremismo que ameaçam a liberdade e a democracia.

Se este combate também é importante para você, junte-se a nós! Contribua, com o quanto que puder. Ou assine e tenha acesso ao conteúdo completo de CartaCapital.