Mundo

Novos senadores fazem juramento para julgar o impeachment de Trump

O julgamento começará em 9 de fevereiro. O discurso de Trump antes da invasão ao Capitólio é citado na acusação

O ex-presidente dos EUA Donald Trump. Foto: AFP
O ex-presidente dos EUA Donald Trump. Foto: AFP
Apoie Siga-nos no

Nesta terça-feira 26 pela manhã os novos senadores americanos prestaram juramento como jurados no julgamento de Donald Trump. Esta é a primeira vez na história dos Estados Unidos que um presidente enfrenta esse processo de impeachment duas vezes.

Os promotores democratas da Câmara dos Deputados transmitiram, na noite de segunda-feira 25, a acusação ao Senado, dando início formal ao julgamento.

Trata-se de um ritual bastante solene que ocorreu apenas quatro vezes na história americana: os representantes eleitos da Câmara, que serão os promotores durante o julgamento, cruzaram o Capitólio até o Senado.

Ele percorreram os corredores, que há menos de três semanas, estavam lotados de partidários de Donald Trump, até o hemiciclo da Câmara Alta. Foi lá que a acusação foi lida por Jamie Raskin, o deputado que vai comandar a equipe de nove promotores democratas.

Acusação contra Trump

Donald Trump é acusado de instigar uma insurreição. Seu discurso, feito pouco antes da invasão do Capitólio, é citado na acusação, mas também no telefonema que ele fez para o Secretário de Estado da Geórgia pedindo-lhe votos a seu favor. E isso enquanto o resultado já havia sido certificado neste estado, onde Joe Biden venceu a eleição presidencial de novembro.

O julgamento em si só começará em 9 de fevereiro. Esse prazo foi negociado para permitir que Donald Trump prepare sua defesa. Mas também convém aos democratas: vários membros do gabinete de Joe Biden ainda não foram confirmados pelo Senado.

O julgamento será realizado sob estreita vigilância. Vários funcionários eleitos receberam ameaças de morte, e o FBI alerta que protestos de partidários de Donald Trump ainda serão possíveis nas próximas semanas. Milhares de membros da Guarda Nacional permanecerão em Washington até meados de março.

RFI

RFI
Rádio pública francesa que produz conteúdo em 18 línguas, inclusive português. Fundada em 1931, em Paris.

Tags: , , , ,

Jornalismo crítico e inteligente. Todos os dias, no seu e-mail

Assine nossa newsletter

Assine nossa newsletter e receba um boletim matinal exclusivo

Um minuto, por favor...

Apoiar o bom jornalismo nunca foi tão importante

Obrigado por ter chegado até aqui. Nós, da CartaCapital, temos o compromisso diário de levar até os leitores um jornalismo crítico, que chama as coisas pelo nome. E sempre alicerçado em dados e fontes confiáveis. Acreditamos que este seja o melhor antídoto contra as fake news e o extremismo que ameaçam a liberdade e a democracia.

Se este combate também é importante para você, junte-se a nós! Contribua, com o quanto que puder. Ou assine e tenha acesso ao conteúdo completo de CartaCapital.

Jornalismo crítico e inteligente. Todos os dias, no seu e-mail

Assine nossa newsletter

Assine nossa newsletter e receba um boletim matinal exclusivo

Um minuto, por favor...

Apoiar o bom jornalismo nunca foi tão importante

Obrigado por ter chegado até aqui. Nós, da CartaCapital, temos o compromisso diário de levar até os leitores um jornalismo crítico, que chama as coisas pelo nome. E sempre alicerçado em dados e fontes confiáveis. Acreditamos que este seja o melhor antídoto contra as fake news e o extremismo que ameaçam a liberdade e a democracia.

Se este combate também é importante para você, junte-se a nós! Contribua, com o quanto que puder. Ou assine e tenha acesso ao conteúdo completo de CartaCapital.